Home / Destinos pelo Brasil / Florianópolis

Florianópolis

Foto: Divulgação / EMBRATUR

A capital do estado de Santa Catarina é onde o novo e o antigo convivem harmoniosamente, seja nos balneários badalados ou nas pacatas vilas de pescadores em alguma enseada protegida. Florianópolis é hoje um dos destinos turísticos mais desejados do Brasil pelos turistas, atraindo muitas argentinos. O turismo é uma das principais fontes de renda, sendo que a população da cidade chega a triplicar durante a temporada de verão, além de ser a maior produtora de ostras do país.

Não só por sua inusitada configuração urbana de cidade dividida entre o continente e a Ilha de Santa Catarina, mas, principalmente, pela diversidade de paisagens como montanhas com densas florestas preservadas, lagoas, manguezais, rios e praias que se espalham por seus 671,6 quilômetros quadrados.

A ilha é caracterizada por possuir uma costa bastante recortada. Florianópolis é conhecida internacionalmente pelas belezas naturais e principalmente por suas praias, algumas são palcos em determinadas épocas do ano da etapa do WCT, o mundial de Surf e outros campeonatos nacionais. Com mais de 100 praias de areias brancas e limpas , rústicas e selvagens, ora disputadas e agitadas, são verdadeiros redutos de gente bonita e saudável, tornando a capital catarinense internacionalmente conhecida em todo mundo por suas belezas naturais.

São visitas obrigatórias o mirante da Ponte Hercílio Luz, uma das maiores pontes pênseis do mundo, iniciada em 1922 e inaugurada em 1926; o mirante do Morro da Cruz, no centro, de onde se pode ver grande parte da Ilha e do Continente, e o mirante da Lagoa, que permite uma visão panorâmica da Lagoa da Conceição, de algumas praias e das dunas da Joaquina. Um dos programas mais recomendados na ilha é embarcar em escunas para se conhecer a beleza da região por um outro ponto de vista. As ilhas em volta da cidade, as fortalezas, observando os golfinhos e as belas paisagens encantarão quem procura um lugar para passar suas férias no Brasil.

Florianópolis conta com excelente infra-estrutura turística. Há hotéis de categoria superior, charmosas pousadas à beira-mar, hotéis executivos e casas de veraneio para temporada. Em todas as praias, no centro ou nos bairros, multiplicam-se os restaurantes com comida típica ou cozinha internacional. Há cinemas, teatros, centros culturais e uma boa rede de comércio e de serviços.

■ PONTOS TURÍSTICOS

Em Florianópolis existem 3 lagoas que compõem a paisagem da região, a maior e mais agitada que é chamada de Lagoa da Conceição, seguida pela Lagoa de Peri e Lagoinha.

Divulgação/EMBRATUR

Lagoa da Conceição
Está localizada entre uma cadeia de montanhas, áreas de restinga e o mar. Existem diversas nascentes que descem dos morros formando a Lagoa. A Lagoa da Conceição possui vários sambaquis em seu entorno. Pode-se citar um na Costa da Lagoa, outro no Canto dos Araçás, ambos semi-destruídos pela ocupação desordenada, e outro, o mais famoso, na Ponta das Almas. Este último foi estudado por pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina.

A população do entorno da lagoa é de cerca de 14.000 habitantes. A localidade possui vida noturna intensa e agitada, há muitos bares e restaurantes, principalmente os especializados em frutos do mar margeando-a.

Lagoa do Peri
A lagoa encontra-se inserida no Parque Municipal da Lagoa do Peri, é a segunda maior da ilha, sendo uma lagoa de água doce. Ao sudoeste da lagoa existe um vale, chamado de Peri de Baixo, onde se encontra o principal manancial da lagoa, com uma cachoeira e um poço.

Além deste manancial, a Lagoa do Peri é abastecida por outros pequenos córregos que descem das encostas cobertas em parte por remanescentes da Mata Atlântica na ilha.

Famosa por suas praias, Florianópolis é destino certo tanto entre os apreciadores das belezas naturais quanto entre os amantes da boa culinária. A Ilha de Santa Catarina permite ao visitante apreciar o melhor da típica comida açoriana, com base no peixe, nas ostras e na mandioca. Mas não pára por aí. Sushi, galeto, comida mexicana, nordestina, árabe: a capital catarinense tem atrativos para todos os gostos. E, no roteiro, não pode faltar uma passadinha pela orla de restaurantes da avenida Beiramar, a via gastronômica da cidade. A avenida é o endereço da casa de massas mais tradicional e um dos restaurantes mais antigos da Ilha, a Macarronada Italiana, do conceituado chef Ézio Librizzi.

A cozinha do chef italiano introduz em Floripa as delícias da culinária mediterrânea, que combina massas e frutos do mar. A dica para quem quer acertar no pedido é o Tagliarini al Cartoccio Mari e Monti, que traz na receita o toque especial das ostras, produto de exportação mais conhecido da Capital catarinense.

Em Florianópolis existem várias áreas e reservas de proteção ambiental que preservam os últimos remanescentes da Mata Atlântica no sul do País. Algumas são permitidas a visitação e outras possui em visitação mais restritas e fiscalizadas como a lagoa de Peri, em todas elas existem trilhas que levam a cachoeiras ou a uma praia deserta. Conheça esses lugares que são um refúgio e local de reprodução para a vida silvestre da ilha.

■ PRAIAS

Praia de Canasvieiras
Está localizada entre as praias de Jurerê e Cachoeira do Bom Jesus, A praia é uma das mais visitadas pelos turistas argentinos, devido ao mar tranqüilo e à vida noturna.
O mar de Canasvieiras é calmo e quente, apropriado para famílias com crianças.

Praia de Jurerê
Praia de mar com águas calmas e possui uma estreita faixa de areia, pouco frequentada, são pouco mais de três quilômetros de extensão com areia fina e clara, que propiciam uma caminhada agradável. Possui ótima infra-estrutura de hotéis, restaurantes e uma vida noturna bastante movimentada.

Na praia existe o Forte de São José, restaurado pela universidade Federal de Santa Catarina, é uma visita obrigatória para quem desejar conhecer, mais um pouco, da história de Santa Catarina e do Sul do Brasil.

Praia de Ponta das Canas
Ponta das Canas é atualmente uma das praias mais procuradas por turístas que visitam a cidade. A praia, de areia fina, tem uma extensão de aproximadamente 950 metros e largura que varia de 1 a 18 metros. As águas são calmas e claras. Na praia também existe uma tradicional vila de pescadores.

Praia Brava
Possuindo um mar fortes ondas é um local que proporciona condições ideais para a prática do para o surf e bodyboarding. Com uma água limpa e cristalina, além ser cercada de montanhas e ótimas ondas.

Praia Mole
É uma praia aberta para o Oceano Atlântico, com ondas fortes e longas, águas cristalinas, límpidas e uma faixa de areia fina e encorpada com grãos maiores.

Por essas características é outro paraíso dos surfistas e reduto da juventude dourada da Ilha de Florianópolis.

Muito freqüentada por surfistas e praticantes de parapente, que aproveitam a encosta sul como rampa de decolagem. Existem à beira-mar vários barzinhos que são uma espécie de ponto de encontro e paquera dos nativos e turístas.

Praia da Galheta
É acessível somente por trilhas, de baixo grau de dificuldade, que iniciam na Praia Mole ou no canal da Barra da Lagoa. O naturismo é permitido por lei municipal desde 1997, mas já era praticado há muitos anos na praia.

A Associação dos Amigos da Praia da Galheta também desenvolve um belo trabalho de preservação ambiental que certamente é parte fundamental da verdadeira ideologia do naturismo.

A Associação luta incansavelmente por manter a área da praia da Galheta como sendo o último reduto de todo litoral da Ilha de Santa Catarina onde a natureza está intacta. A Praia da Calheta integra a área do Parque Municipal da Calheta, sendo área de preservação permanente.

Praia da Joaquina
Joaquina é uma praia oceânica com ondas fortes frequentada principalmente por jovens e tornou-se um dos pontos mais procurados por surfistas de todo Brasil, é atualmente sede de alguns campeonatos mundiais de surfe.

Além da praia, é possível aproveitar as dunas que existem na praia, e ainda praticar o sandboard ou surfe na areia.

Praia Barra da Lagoa
A praia é popular entre os trilheiros e que fica bastante ocupada durante o verão. Existe uma comunidade da pescadores e um canal onde a lagoa de Conceição se conecta com o mar.

Praia de Moçambique
A praia a mais longa de Florianópolis. Sua extensão é de 7,5km, possuindo dunas de areia e está protegida por uma Área de Proteção Ambiental. É uma praia excelente o Surf e outros esportes aguáticos.

Praia dos Náufragos
Localizado na extremidade do sul da Ilha, a praia pode ser alcançada somente por trilhas ou por barco. Belas vistas dos costões e do continente compoem a descrição dessa praia que é deserta e preservada.

Na ilha de Florianópolis existem mais de 100 praias para você conhecer listamos acima algumas das mais conhecidas. Contrate um guia ou visite o Centro de Informações Turísticas da ilha para saber mais sobre suas praias.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
Acesso rodoviário pela BR-101, tanto para quem vem do norte quanto para quem vem do sul.

De Ônibus:
Florianópolis por ser uma capital recebe ônibus de todos os lugares do país, sua rodoviária é uma das mais modernas e movimentadas do sul do país.

As distâncias são: Curitiba: 300 km, Porto Alegre: 476 km, São Paulo: 705 km, Rio de Janeiro: 1.144 km, Belo Horizonte: 1.301 km, Brasília: 1.673 km, Salvador: 2.682 km

Terminal Rita Maria
Endereço: Av. Paulo Fontes Nº 1101
Fone/Fax: (0xx48) 3212-3100

De Avião:
O Aeroporto Hercílio Luz é o maior do Estado e recebe vôos internacionais.

■ MAPA DA REGIÃO