Home / Cidades do Brasil / São Bernardo do Campo

São Bernardo do Campo

São Bernardo do Campo é um município bastante importante no estado de São Paulo, com uma população de 833.240 habitantes. O município é formado pela sede e pelo distrito de Riacho Grande. Desde a década de 1950, o município tem sua economia baseada na indústria automobilística e sede das primeiras montadoras de veículos do Brasil, tais como Volkswagen, Ford, Scania, Toyota, Mercedes-Benz, Karmann Ghia e Willys-Overland – além das indústrias de autopeças que as suportam, de indústrias de tintas, como a Basf, que produz as tintas Suvinil, e da maior planta industrial do mundo de dentifrícios da Colgate-Palmolive.

A cidade possui alguns parques recreativos, voltados para a prática de atividades físicas e esportivas, como o Cittá di Maróstica, no Centro da cidade, o Parque Raphael Lazzuri e o Parque Engenheiro Salvador Arena. Em São Bernardo está localizado também o Parque Estoril, no bairro Riacho Grande, situado às margens da represa Billings, e que conta com um teleférico e um zoológico, o que ajuda a proporcionar um maior contato com a fauna e a natureza.

Além disso, em São Bernardo do Campo está situado o Parque de Diversões Cidade da Criança, que foi construído em 1968 no Jardim do Mar, atrás dos Estúdios Vera Cruz, e que foi o primeiro parque temático do Brasil.

  • Riacho Grande
    Riacho Grande é um distrito do município de São Bernardo do Campo em São Paulo.

■ PONTOS TURÍSTICOS

# 1 Igreja Matriz de São Bernardo do Campo
A Paróquia de São Bernardo foi criada a 21 de Outubro de 1812, tendo como padroeira Nossa Senhora da Conceição da Boa Viagem, para não se confundir com o Padroeiro da fazenda dos Beneditinos. Ela foi a primeira Paróquia do Grande ABC e durante mais de 100 anos foi a única, reunindo os católicos da região. Em 1904, a Congregação dos Padres Carlistas (Pia Sociedade dos Missionários de São Carlos), criada na Itália em 1887 por João Batista Scalabrini, passou a dirigir a Paróquia.
A construção da primeira Igreja foi iniciada em 1814 e foi concluída em 1825. Após várias reformas, acabou demolida em 1949 para que, no local, fosse construída a atual Igreja. A nova Igreja Matriz, idealizada em 1943 durante o paroquiato do padre Jeronimo Angeli, foi projetada pelo engenheiro Jacques Pilon e posteriormente reestilizada por Benedito Calixto. As obras tiveram início em 1947, no paroquiato do padre Fiorente Elena, e seu término em 1962 (incluindo a torre). Em 1998, Ela passou por restauração em suas pinturas, além de uma reforma geral em seu todo, como sacristia, secretaria, teto, vitrais, iluminação, etc.

# 2 Prainha do Riacho Grande
Totalmente revitalizada, possui atrações para crianças, adultos e pessoas com deficiência, como playground, academias de ginástica ao ar livre, pontos de comércio padronizados, pedalinhos, wet-bike e passeios náuticos.

# 3 Feirinha do Riacho
Opção para a compra de artesanato, bijuterias, quadros, roupas, cerâmica, madeira, crochê, tricô, tecelagem, bolsas, brinquedos, peixes ornamentais e barracas de alimentação (pastel, comidas típicas, lanches, doces e bolos). Parte da renda é revertida para programas sociais. Domingos, das 8h às 17h.

■ COMO CHEGAR

De Carro:

São Bernardo do Campo é atendida pelas seguintes rodovias:

SP-150 – Rodovia Anchieta – principal acesso à cidade. Liga a cidade de São Paulo até a Região da Baixada Santista, atravessando São Bernardo do Campo. Faz parte do Sistema Anchieta-Imigrantes.

SP-160 – Rodovia dos Imigrantes – assim como a Rodovia Anchieta, liga a capital paulista ao litoral sul de São Paulo, passando por São Bernardo. Também faz parte do sistema viário supracitado.

SP-021 – Rodoanel – acessível em São Bernardo através do sistema Anchieta-Imigrantes, possibilitando o deslocamento a outras cidades da Grande São Paulo.

SP-31 Rodovia Índio Tibiriçá – liga São Bernardo do Campo até o município de Suzano, na Região do Alto Tietê.

SP-148 – Caminho do Mar – liga o Planalto Paulista até a Baixada Santista. Atualmente encontra-se fechada para veículos de passeio em quase toda a sua extensão.

De Ônibus:

O município é atendido por ônibus da empresa BR7 Mobilidade, consórcio que opera as linhas municipais, pela EMTU, que opera o Corredor Metropolitano São Mateus – Jabaquara, interligando São Bernardo do Campo (Terminal São Bernardo e Terminal Ferrazópolis) aos municípios vizinhos de Diadema, Santo André e São Paulo, além de ônibus de empresas que gerem linhas intermunicipais que passam por São Bernardo.

■ MAPA DA REGIÃO