Home / Destinos pelo Brasil / Bom Retiro

Bom Retiro

Misture uma paisagem bucólica com uma pitada de aventura e uma natureza exuberante, acrescente uma boa dose de hospitalidade e a melhor qualidade de ar da região.

Destaca-se como um dos poucos municípios situado na Serra Catarinense e no Vale do Itajaí. Possui Habitantes: 9.796 habitantes (IBGE/2017), e um dos melhores climas do Brasil, a cidade está localizada na altitude de 890 metros e o ponto culminante está a 1.827m no Morro da Boa Vista, na região denominada Campo dos Padres na Serra Geral – o mais alto do Estado.

■ EVENTOS

Festa do Churrasco
Culinária típica gaúcha, shows musicais e torneio de laço e gineteada. Realizada entre março e abril. Parque de Exposições Dieter Hornung. BR-282, Km 120, a 5 km do Centro.  Homenagem ao Churrasco no ano de 2004, é o marco da capital do Churrasco.

■ PONTOS TURÍSTICOS

Museu da Memória dos Imigrantes Alemães de Entrada – Johann Deucher
Contém registros de imigrantes alemães que se fixaram na localidade de Entrada, formando um dos primeiros núcleos da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Brasil. Bem próximo ao local, no Morro do Trombudo, há um marco de madeira que serviu no passado como limite das províncias de Santa Catarina e de São Paulo.

Estátua do Capitão Arzão
Monumento erguido em homenagem ao colonizador da cidade.
Jardim Hercílio Luz, Centro

Santuário Diocesano Nossa Senhora Aparecida
BR-282, Km 137, Santa Clara.

Igreja Nosso Senhor Bom Jesus

Construída em 1948, possui uma forma arquitetônica única, a qual pode ser apreciada pelos visitantes. Pintura nas paredes e tetos com perfeição única, destacando as estações de Cristo. Estrada Geral de Paraíso da Serra, s/n, Paraíso da Serra.

Morro da Cruz

Com 1.340 m de altura, possui uma linda vista da região. Também é ponto de peregrinação na Sexta-Feira Santa. Localizado a 10 km do Centro.

Morro do Trombudo
Vista do Vale do Itajaí, da cordilheira dos Campos do Padres, Pedras Branca, Vale de Bom Retiro/SC Histórico: No cume do morro em 1790 o Capitão Antonio Marques de Arzao afixou um marco de carvalho delimitando a província de São Paulo da província de Santa Catarina, ao subir ao Morro o aventureiro pode ver o marco afixado no mesmo local.

Calçada e Costão do Frade
Situada no interior de uma mata, tornou-se local de interesse turístico devido a presença de vestígios de uma calçada de pedra feita por escravos no século XVIII. Na região há uma gruta natural que virou ponto de peregrinação de fiéis.

Calçada e Costão do Frade
Situada no interior de uma mata, tornou-se local de interesse turístico devido a presença de vestígios de uma calçada de pedra feita por escravos no século XVIII. Na região há uma gruta natural que virou ponto de peregrinação de fiéis.

Capela Três Pontas
A igreja foi construída na década de 50, a Capela possui pinturas nas paredes e tetos com perfeição única. Encontra-se na localidade de Três Pontas, o percurso de ida até a Capela Três Pontas do centro da cidade tem um total médio de 22 km, ideal para os amantes de história contemporânea, cicloturismo, arquitetura religiosa, e/ou apenas um passeio para refletir sua fé, peregrinar em locais religiosos diferenciados como também para vislumbrar as belíssimas paisagens do Alto Vale do Itajaí pertencentes a Bom Retiro.

Gruta Nossa Senhora de Lourdes – Costão do Frade
Gruta de 15 metros de largura com a água descendo e formando uma cortina d’agua sobre as 3 imagens sacras existentes. Por sua beleza natural, os moradores a 70 anos resolveram utilizar o local para reflexão e começaram a utilizar para rezar.

Calçada de pedras
Calçada de pedras, construída por escravos em 1790, com uma engenharia única. Histórico: Guarda Velha, o quartel de Arzão, capitão da cavalaria, onde percurso de seis quilômetros construiu-se uma estrada feita de pedras de denominada calçadas, cujos vestígios ainda hoje são encontrados entre a vegetação. Supõe-se que esse trabalho tenha sido feito por escravos. No local observa-se os detalhes desta que é uma das mais antiga construções do Estado de Santa Catarina. Acesso: médio Dicas: Usar calçado apropriado para trilhas. Recomendações: Lembre-se de trazer seu lixo de volta e descartá-lo em lugar apropriado.

■ CACHOEIRAS

Cachoeira Costãozinho e Corredores de Pedra

Encontra-se na localidade de Guarda Velha, o percurso ida e volta até a cachoeira e/ou corredores de pedra saindo do centro da cidade tem um total médio de 20 km, ideal para os amantes do ciclismo e do trekking. Para chegar até a cachoeira precisa andar em torno de 100 metros de trilha em uma bela clareira com esculturas naturais de pedra e um lindo poço que pode chegar até 3 metros de profundidade para refrescar-se com um banho em águas naturais.

Cachoeira e Sítio da Serrinha

Encontra-se na localidade de Guarda Velha ou também conhecido por Costãozinho, o percurso de ida até a Cachoeira e Sítio da Serrinha saindo do centro da cidade tem um total médio de 12 km, ideal para os amantes do ciclismo, trekking e/ou apenas um passeio para descansar e vislumbrar a belíssima cachoeira ou tomar um delicioso café colonial. No verão o local é propício para piqueniques e um trekking pelo percurso que leva da Cachoeira do Costãozinho até a Cachoeira da Serrinha. Agende uma tarde de aventura com um delicioso café colonial com a Família do Sítio da Serrinha.

Cachoeira do Ubiratã

Encontra-se na localidade de Paraíso da Serra, o percurso de ida até a Cachoeira do Ubiratã saindo do centro da cidade tem um total médio de 27 km, ideal para os amantes do ciclismo e/ou apenas um passeio para descansar e vislumbrar a belíssima cachoeira. No verão o local é propício para piqueniques e banhar-se nas águas límpidas e naturais que chegam das nascentes do Campo dos Padres.

Cachoeira do Barbaquá

Encontra-se na localidade de Barbaquá em torno de 80 metros da estrada principal que atravessa a localidade. Próxima a cachoeira encontra-se um belo estabelecimento para descanso, tomar algum drink ou fazer um belo churrasco. O percurso até a cachoeira ida e volta saindo do centro da cidade tem um total médio de 35 km, ideal para os amantes do ciclismo, todo o trajeto passa por belíssimas paisagens e montanhas. O percurso se estende em partes na Serra Catarinense e Alto Vale do Itajaí.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
A distancia entre Porto Alegre e Aceguá pela estrada é de 433.6 km, 5 h 13 min via BR-290 e BR-153;

De Ônibus:
Viação Ouro e Prata, Une Sul

■ MAPA DA REGIÃO