Home / Cidades do Brasil / Petrópolis

Petrópolis

Petrópolis é conhecida como “Cidade Imperial”, está localizada na região Serrana do estado do Rio de Janeiro, com uma população de pouco mais de 305.000 pessoas  o clima ameno, as construções históricas e a natureza abundante são grandes atrativos que atraem turistas do Brasil e do mundo. Petrópolis guarda um dos tronos de Dom Pedro II, a coroa de brilhantes e pérolas, e a pena de ouro e rubis usada pela Princesa Isabel para assinar a abolição da escravatura.

Petrópolis carrega em suas ruas, as heranças deixadas pela família imperial. A cidade possui mais de 100 capelas e igrejas que contam, através de sua arquitetura e ornamentos, parte da história da Cidade Imperial. Um lugar visitado por pessoas do mundo inteiro e reconhecido por seus pontos turísticos, que fazem parte do patrimônio histórico nacional. As construções em sua maioria dos séculos XVIII e XIX encantam em sua magnitude e atraem os que se interessam pela arquitetura religiosa ou elevação espiritual.

A primeira cervejaria do Brasil, foi fundada em 1853 na cidade de Petrópolis. Com mais de 8 fábricas e mais de 20 marcas, ajudou a cidade a ser reconhecida como a “Capital Estadual da Cerveja”. Sem contar com as feiras cervejeiras que acontecem durante todo o ano como a Bauernfest, a 2ª maior festa cervejeira do Brasil.

■ PONTOS TURÍSTICOS

Casa da Ipiranga
Construída em 1884 pelo engenheiro alemão Karl Spangenberger, segundo projeto idealizado pelo seu proprietário, o financista e exportador de café José Tavares Guerra, cujos descendentes ainda hoje administram a casa. A antiga estrebaria abriga restaurante, adega e o primeiro relógio de torre da cidade. Foi uma das primeiras casas a ter luz elétrica em Petrópolis.

Cervejaria Bohemia
Centro de experiência cervejeira, instalado na mais antiga fábrica de cerveja do Brasil (1853), com mais de 20 ambientes que proporcionam uma viagem interativa pela evolução da cerveja através dos tempos. Reúne entretenimento, história, rituais e curiosidades, relacionando a cultura da produção cervejeira com a gastronomia, costumes e meio ambiente.

Catedral São Pedro de Alcântara
Construção em estilo neogótico francês. No seu interior destaca-se o Mausoléu onde estão os restos mortais da Família Imperial (dom Pedro II, dona Teresa Cristina, Princesa Isabel e Conde D’Eu) e também podem ser vistas esculturas de Jean Magrou, Bertozzi, vitrais e pinturas de Carlos Oswald. O altar gótico contém relíquias de São Magno, Santa Aurélia e Santa Tecla, trazidas de Roma pelo Cardeal D. Sebastião Leme. As portas principais pesam 2.400 kg cada.

Igreja Luterana
Um dos mais antigos templos religiosos da cidade. A pedra fundamental foi lançada em 1862, tendo como idealizador o Pastor George Gottlob Ströele. O templo, iniciado em 1863, era apenas uma casa, com a escultura de um cálice e pães na parede externa. Em 1903, revogada a lei que impedia templos não católicos de terem características de “igreja”, a torre foi construída e foram colocados os elementos decorativos neogóticos: arcos ogivais e gárgulas. Na torre se encontram o relógio mecânico e os sinos de bronze originais.

Museu Imperial
Palácio em estilo neoclássico, construído com recursos da dotação pessoal do Imperador Pedro II, que ali passava longas temporadas com sua família até a Proclamação da República em 1889. Foi transformado em Museu por decreto do presidente Getúlio Vargas em 1940 e inaugurado em 1943. Possui significativo acervo de peças relativas ao período Imperial brasileiro, destacando-se como peça principal a coroa do Imperador Pedro II.

Palácio Amarelo – Câmara Municipal
O prédio, originalmente de um andar, foi construído pelo camarista de dom Pedro II, José Carlos Mayrink. Foi vendido pela viúva deste ao Barão de Guaraciaba, em 1891. Em 1894, a municipalidade o adquiriu para ser sede da Câmara Municipal de Petrópolis. Na época o presidente da Câmara, Hermogêneo Silva, mandou fazer o grande salão, cujo teto de estuque foi executado pelos escultores Henrique Levy e José Huss, em 1895, e a pintura artística dos tetos foi concluída em 1896.

Museu Casa de Santos Dumont
Foi residência de verão de Alberto Santos Dumont, Pai da Aviação, sendo conhecida como “A Encantada”. O museu conta com acervo de objetos, livros, cartas e mobiliário que pertenceram ao inventor, bem como o chuveiro e a escada de entrada, com degraus que só se pode acessar começando com o pé direito. No Centro Cultural 14 Bis, anexo à Casa, pode-se assistir a um curta metragem sobre Santos Dumont.

Palácio de Cristal
Sua estrutura pré-moldada em ferro fundido foi encomendada a uma fundição francesa pelo Conde D’Eu, sendo montada em Petrópolis pelo engenheiro Eduardo Bonjean. Foi inaugurado em 1884 com a finalidade de abrigar as já tradicionais exposições de produtos hortícolas e pássaros da região, que aconteciam em instalações provisórias no local. No Palácio, em abril de 1888, foram libertados os últimos escravos de Petrópolis, em uma bela festa com a presença da Princesa Isabel.

Palácio Rio Negro – Palácio dos Presidentes
Erguido em 1889 por Manoel Gomes de Carvalho, o Barão do Rio Negro, rico produtor de café. A construção eclética é um projeto do engenheiro Antonio Januzzi. Possui escadaria e pisos em mármore, salões com piso forrado de parquet composto por madeiras nobres do Brasil com desenhos de grãos de café. A partir de 1903, serviu de residência de verão a diversos presidentes da República. Em 2005, passou a ser administrado pelo IPHAN.

Museu de Cera de Petrópolis
Apresenta personagens históricos da ciência, da política, das histórias em quadrinhos e das artes em geral, representados em figuras de cera em tamanho natural, tais como: dom Pedro II, Santos Dumont, Einstein, Alfred Hitchcock, Batman, Super-Homem, Gilberto Gil, entre outros, em cenários especialmente concebidos para proporcionar emoções e surpresas.

SESC Quitandinha
Construído em 1944 pelo empresário Joaquim Rolla (dono do Cassino da Urca e Atlântico, no Rio de Janeiro) com a finalidade de ser o maior cassino da América do Sul, o Palácio Quitandinha segue o estilo normando-francês, possuindo 50 mil metros quadrados em seis andares, divididos em 440 apartamentos e 13 grandes salões.

A cúpula do Salão Mauá, onde funcionava o cassino, é a segunda maior cúpula do mundo, com 30m de altura e 50m de diâmetro, provocando um efeito acústico excepcional. Possui um teatro com palcos giratórios, camarotes e capacidade para duas mil pessoas. Por seus salões passaram personalidades como Greta Garbo, Walt Disney, Orson Welles e Errol Flynn. O prédio foi tombado em 1991 pelo Inepac.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
Rio de Janeiro – 65 KM – Principal via de acesso: Rodovia Washington Luís – BR 040, Saindo do Rio de Janeiro, siga pela Av. Francisco Bicalho em direção à Av. Brasil. Na Av. Brasil, siga em direção à Linha Vermelha – Rodovia Presidente João Goulart – Pegue a saída em direção à BR-040 – Rodovia Washington Luiz – pela pista lateral.

Se estiver se deslocando do Aeroporto Internacional, siga em direção à Linha Vermelha – Rodovia Presidente João Goulart – pegue a saída em direção à BR-040 – Rodovia Washington Luiz. Siga em direção a Petrópolis.

Belo Horizonte – Minas Gerais – 375 KM – Principal via de acesso: BR 040 (Belo Horizonte – Juiz de Fora – Rio de Janeiro)
Saindo de Belo Horizonte, pegue o acesso à Rodovia Anel Rodoviário. Siga em direção à BR-040 – Rodovia Washington Luiz – com destino ao Rio de Janeiro – Petrópolis.

De Ônibus:
Estação Rodoviária – Terminal Rodoviário Novo Rio
Horários – Diariamente, com saídas a cada 15 minutos. À noite, a partir das 21h / 21h20min / 21h40min / 22h / 22h30min / 23h / 23h58min
Empresa – Única / Fácil
http://www.unica-facil.com.br/
Telefone – (21) 2263-8792

Estação Rodoviária – Terminal Rodoviário Menezes Côrtes
Horários – De segunda a sexta: 11h15min / 11h45min / 12h10min / 13h / 13h30min / 14h30min / 15h / 15h30min / 16h / 16h30min / 16h50min / 17h10min / 17h30min / 17h40min / 17h55min / 18h10min / 18h40min / 18h55min / 19h10min / 19h30min / 20h/ 20h30min / 21h
Empresa – Única / Fácil
http://www.unica-facil.com.br/
Telefone – (21) 2533-5414

De Avião:
Aeroporto Santos Dumont – SDU
Endereço: Praça Senador Salgado Filho, s/n – Centro – Rio de Janeiro – RJ – Telefone: (21) 3814-7070 / (21) 3814-7000

■ MAPA DA REGIÃO