Paraty

Centro Histórico de Paraty

Paraty fica na região turística chamada de “Costa Verde“, no estado do Rio de Janeiro. A cidade fica distante 258 Km da capital. Sua arquitetura colonial é devido a cidade ter sido fundada pelos portugueses no século XVII, época em que tornou-se o porto exportador de ouro mais importante no período colonial do Brasil. O Centro Histórico de Paraty é tombado pelo IPHAN, e suas ruas foram calçadas com pedras por escravos, não sendo permitido o trânsito de veículos.

Na “Baia de Paraty“, existem mais de 60 ilhas e 90 praias no município, boa parte delas selvagens e acessível somente por barco ou trilha.

A cidade possui eventos e feiras importantes durante todo o ano como a “FLIP – Festa Literária Internacional de Paraty“e “Festival de Cachaça de Paraty“.

  • Paraty e sua Cachaça Artesanal
    No início do século XIX, com o declínio da exportação do ouro, Paraty passa a produzir cachaça em alambiques principalmente na Serra da Bocaina. A cachaça era uma importante moeda de troca no comércio de escravos e mercadorias com o continente Africano. Nessa época o município chegou a ter mais de 200 engenhos de aguardente. Atualmente existem diversos engenhos de Cachaça em Paraty produzindo cachaça artesanal.

■ PONTOS TURÍSTICOS

# 1 Centro Histórico
O Centro Histórico de Paraty, onde é proibido o tráfego de carros, protegendo seus casarões do Século XVIII, hoje ocupados por restaurantes, pousadas, atelier e até boates. Ainda artistas de rua e índios Guaranis, vendem e expõem seus artesanatos na ruas e praças.

# 2 Igreja Nossa Senhora das Dores

Construída em 1800, a Capela das Dores, nasceu da iniciativa das senhoras da sociedade na época. Passou por reforma em 1901, quando foi fundada a Irmandade de Nossa Senhora das Dores, constituída só por mulheres. No Império, era frequentada pela aristocracia. Tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 1962, a igreja passou por restauração em 2009.

# 3 Forte Defensor Perpétuo
Localizado no Morro do Forte, em uma elevação à margem esquerda de rio Perequê-Açu. Construído durante as últimas décadas do século XVII e início do século XVIII, o forte é o único remanescente das sete fortificações que defendiam a cidade, voltados para o mar.

# 4 Cais de Paraty
Local onde escunas e traineiras ficam ancoradas e onde os turistas encontram por passeios e mergulho pelas ilhas e praias de Paraty. No chamado “Ciclo do Ouro”, Paraty por sua posição geográfica exercia a função de porto escoadouro da produção de ouro de Minas para Portugal. Foi uma das mais importantes cidades portuárias no período colonial brasileiro.

# 5 Estrada Real
Foi a primeira via aberta oficialmente pela Coroa Portuguesa para ligar o litoral fluminense à região produtora de ouro no interior de Minas Gerais. Na época, no século XVII, o percurso levava 60 dias para ser feito pelos tropeiros a cavalo ou mulas.

# 6 Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios

A construção original, que deu origem ao núcleo urbano de Paraty, é de 1712. Com uma obra que se estendeu de 1787 a 1873, a Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Remédios, cujas torres ficaram inacabadas, é o principal centro de atividades religiosas da cidade. Entre elas, a tradicional Festa do Divino.

■ PRAIAS

# 1 Praia do Sono
A praia do Sono é praticamente um lugar intocado pela civilização, possuindo apenas uma pequena vila de pescadores, com poucos serviços turísticos como pousadas e restaurantes. A trilha de 20 minutos que inicia junto à igreja localizada no meio da praia, leva a várias piscinas naturais formadas pelo córrego da Jamanta, sendo o Poço do Jacaré uma das melhores para banho. A orla é sombreada por amendoeiras, poucas casas e barcos dos pescadores, uma das paisagens mais lindas de Paraty.

# 2 Praia de Jabaquara
A praia do Jabaquara é a maior da região central de Paraty. Suas águas são muito calmas e ideais para a prática de esportes náuticos. A Praia do Jabaquara é muito próxima ao centro de Paraty. No final da praia encontra-se o manguezal, berçário de várias espécies da vida marinha, como peixes, moluscos e crustáceos. A praia é conhecida por ser palco do desfile do Bloco da Lama, que sai da praia para as ruas do bairro no sábado de carnaval. Os participantes banham-se na lama do manguezal.

# 3 Praias de Trindade
A Vila de Trindade fica cerca de 30 minutos do centro de Paraty, no local existem diversas diversas praias selvagens.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
Para quem vem do Rio de Janeiro, seguir pela rodovia Rio-Santos (BR-101).
Para quem vem de São Paulo, seguir pela rodovia (SP-070). No trevo de São José dos Campos, entre na Rodovia dos Tamoios (SP-099), posterior acessar a SP-055 e BR-101.

De Ônibus:
Vindo de São Paulo e São José dos Campos:
Reunidas Paulista: http://www.reunidaspaulista.com.br/

Vindo do Rio:
Costa Verde: http://www.costaverdetransportes.com.br
Colitur (Regional): (24) 3323-4151

Vindo de Belo Horizonte
Útil: http://www.util.com.br/

De Avião:
Aeroporto de Paraty (SDTK)
Endereço: Rua Aeroporto, S/N – Porto de ferro II, Paraty – RJ, 23970-000
Telefone: (24) 3371-4030

■ MAPA DA REGIÃO

■ ARTIGOS RELACIONADOS / PARATY

-> Parque Nacional da Serra da Bocaina