Home / Cidades do Brasil / Niterói

Niterói

Apenas 13 quilômetros separam as belezas de Niterói da capital Rio de Janeiro. Uma visita já se justificaria pela bela vista que se tem dos maiores pontos turísticos do Rio de Janeiro. O Museu de Arte Contemporânea (MAC) Caminho Niemeyer, o Complexo dos Fortes, o conhecido Mercado de Peixe, o Polo de Moda, o comércio diversificado e a gastronomia de excelência apontam Niterói como destino turístico importante no cenário nacional.

Nos últimos anos, Niterói despontou como ponto de apoio às cidades produtoras de petróleo do país. Por sua localização privilegiada entre as duas maiores bacias de petróleo e gás natural do Brasil – Bacia de Campos e de Santos -, o município tem importância estratégica para o crescimento nacional do setor.

Segunda cidade do mundo com o maior quantidade de obras projetadas pelo arquiteto Oscar Niemeyer, superada apenas por Brasília, Niterói abriga, em um terreno à beira mar, um complexo arquitetônico de caráter popular com o objetivo de promover a arte e a cultura, com edificações que, juntas com o MAC, formam um caminho ao longo da orla denominado Caminho Niemeyer. O Caminho, atualmente, é composto por 07 equipamentos urbanos.

Cercada de belas fortalezas, que relembram o seu passado de glória e de uma vista estonteante para a Baía de Guanabara com o Rio de Janeiro ao fundo. Pelo centro, ruas arborizadas e importantes monumentos históricos, como o Passeio Público, o Palácio Araribóia e as igrejas centenárias, reminiscências do tempo em que era a capital da Guanabara.

■ PONTOS TURÍSTICOS

Ponte Rio-Niterói
A Ponte Rio-Niterói, inaugurada em 1974, é a maior do Hemisfério Sul. A construção tem o maior vão em viga reta contínua do mundo – o vão central, uma estrutura de aço com 300 metros de comprimento suspensa a 60 metros de altura. É a mais importante estrutura protendida das Américas, com mais de 2.150 quilômetros de cabos em suas entranhas e uma das três maiores pontes do mundo em volume espacial (relação entre o comprimento, a largura e a altura dos pilares e fundações).

Museu de Arte Contemporânea – MAC
O Museu de Arte Contemporânea (MAC), inaugurado em 2 de setembro de 1996, é o atual símbolo da cidade de Niterói. A forma futurista criada por Niemeyer tornou-se um marco da arquitetura moderna mundial, sendo considerada uma das sete maravilhas do Mundo em museus pela mídia especializada.

A forma do MAC lembra uma flor, ou uma nave espacial, flutuando sobre uma pedra que avança para o mar. Construído com um espelho d’água ao seu redor, ele ganha ainda mais leveza, e sua grande rampa externa de concreto, com piso vermelho, conduz o visitante aos pavimentos superiores do Museu, com vista panorâmica de 360 graus para a Baía de Guanabara e as cidades do Rio de Janeiro e de Niterói. O MAC abriga a Coleção João Sattamini, uma das mais importantes coleções de arte contemporânea do país.

Parque da Cidade
É uma área de preservação ambiental (APA) do município, localizado no alto do morro da Viração, numa altitude de 270 m, ocupando uma área de 149.388,90 m². Inaugurado em 1976, possui um mirante com uma visão panorâmica única das Lagunas, Praias Oceânicas, bairros de Niterói, Baía de Guanabara em toda a sua extensão e do mar aberto até onde a vista consegue alcançar. Avista-se também a cidade do Rio de Janeiro com alguns de seus bairros e a Ponte Rio – Niterói.

Sua vista panorâmica teve pontuação máxima no Guia Verde Michelin. O Parque conta com duas rampas para a prática de vôo livre, sendo muito frequentado pelos praticantes desse esporte.

Fortaleza de Santa Cruz
A Fortaleza de Santa Cruz da Barra é um sítio histórico único no Brasil, com pedra fundamental no ano de 1555. Suas muralhas foram construídas com pedras cortadas e assentadas à mão, com uma área de mais de 7 mil metros quadrados.

Possui um acervo composto de 45 canhões dos séculos XVIII e XIX, além de uma capela datada de 1612, com uma imagem de Santa Bárbara do século XVIII. A Fortaleza de Santa Cruz da Barra está localizada ao lado do canal de entrada da Baía de Guanabara, por onde passam todas as embarcações que chegam no porto do Rio de Janeiro. Com uma visão privilegiada das cidades do Rio de Janeiro e de Niterói, é um local para se admirar as belezas naturais de nossa região.

■ PRAIAS

Praia de Camboinhas
Com 2.600 m de extensão, suas águas são transparentes e esverdeadas. Com areias claras e finas, é uma extensão da Praia de Itaipu e um recanto pitoresco muito procurado pelos amantes da pesca de arremesso, pelos velejadores e pelos wind-surfistas. Sua orla é repleta de quiosques especializados em frutos do mar, servidos à beira-mar. Seu nome reporta-se ao encalhe de um navio com o mesmo nome. Ficando entre a praia e a lagoa de Itaipu, existe também no local o sofisticado bairro residencial de Camboinhas.

Praia de Piratininga
Entre as praias oceânicas, a de Piratininga tem 2,7 km de extensão e é dividida em duas praias. O trecho maior, chamado “praião”, tem pequenas ondas, areia e águas claras. Do outro lado fica a “prainha”, com a famosa pedra da baleia.

Praia de Itacoatiara
Possuindo 700 m de extensão e sendo considerada uma das melhores praias da cidade, seu nome significa em Tupi ”pedra escrita, riscada ou que tem inscrição”. Em meio a uma vegetação exuberante, suas águas são transparentes e azuladas. Paraíso dos surfistas, é pequena e uma das mais frequentadas pela juventude, além de oferecer uma rica paisagem. No recanto direito, fica a ”Prainha”, paraíso para as crianças, uma pequeníssima praia protegida das ondas e que apresenta na maior parte do tempo águas calmas.

Praia de Icaraí
Localizada no interior da Baía de Guanabara, significa em Tupi “água benta, água santa, rio sagrado ou rio salgado”. Com 1.200 m de extensão e vegetação composta de amendoeiras e coqueiros, é uma das mais conhecidas da cidade. O local possui uma extensa faixa de areia e um calçadão que permitem a prática de diversas modalidades esportivas, caminhadas ou apenas admirar o belíssimo panorama. Também é palco dos maiores eventos promovidos na cidade. Dela, avista-se a Pedra do Índio, a Pedra de Itapuca, o MAC e parte da cidade do Rio de Janeiro, destacando-se o Corcovado e o Pão de Açúcar.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
Para quem vem do Rio de Janeiro, acesso pela ponte Rio-Niterói, estrada Niterói-Manilha (até Rio Bonito) e RJ-124 (Via Lagos);
Para quem vem de São Paulo, acesso pela BR-116 e RJ-124;
Para quem vem de Belo Horizonte, acesso pela BR-040 e RJ-124;

De Ônibus:
A viação 1001 (www.autoviacao1001.com.br) possui ônibus partindo do Rio de Janeiro;

■ MAPA DA REGIÃO