Foto: Prefeitura de Tibagi

Tibagi

Tibagi é localizada no interior dos Campos Gerais, tem 20.436 habitantes, conforme estimativa do IBGE de 2018. São mais de 3.000 quilômetros de matas nativas, belezas naturais e muita emoção. O garimpo deu o título de Cidade do Diamante, devido à grande riqueza vinda das águas do Rio Tibagi. A cidade faz parte da Rota dos Tropeiros, juntamente a outros 15 municípios. Por ali, transportavam mercadorias nas mulas e burros, originando a gastronomia típica que é a paçoca de carne.

Atualmente, as principais bases da economia da cidade são a agricultura e o turismo, grandes geradores de renda e emprego para a maioria da população. O município ainda ostenta o título de maior produtor de trigo do Brasil.

Os principais destaques turísticos dessa cidade encantadora são: o Parque Estadual do Guartelá, sexto maior Cânion em extensão do mundo e único com vegetação nativa, os saltos Santa Rosa e Puxa Nervos e o Carnaval, época do ano que a cidade fica lotada.

O rafting nas corredeiras do Rio Tibagi é destaque para quem gosta de emoção e adrenalina. O município ainda conta com trilhas e cachoeiras.

  • TURISMO RURAL
    Tibagi tem várias fazendas que oferecem café colonial e comida da Rota dos Tropeiros. Pousadas rurais também são opções para quem quer fugir da correria do dia a dia e aproveitar o melhor contato direto com a natureza.
  • TURISMO RELIGIOSO
    A cidade se destaca por seus eventos religiosos, além da fé e devoção da comunidade, os principais atrativos religiosos são a Igreja Matriz Nossa Senhora dos Remédios, Olho D’Água São João de Maria, Capela Santa Pastorina e Capela do Bom Jesus da Cana Verde.
  • EVENTOS
    Tibagi tem agenda extensa de eventos iniciando pelo centenário Carnaval, o melhor dos Campos Gerais, com estrutura para atender milhares de visitantes, turistas e foliões.
  • Com percurso aproximado de 12 quilômetros, a Caminhada Internacional na Natureza, evento tradicional na cidade, passa pelos saltos Santa Rosa e Puxa Nervos com visão exuberante da natureza.
  • A Pedalada Internacional na Natureza tem percurso de 42 quilômetros, passando por atrativos turísticos e belezas naturais.

■ PONTOS TURÍSTICOS

# 1 Itaytyba Ecoturismo
O local é um complexo de ecoturismo e turismo rural, com diversas opções de lazer, incluindo trilhas, cavalgada, cachoeiras e a incrível visão da Cachoeira da Ponte de Pedra e do Cânion Guartelá. Está localizado a 21 km do centro de Tibagi.

# 2 Safaris Farm
O recanto ecológico encontra-se na BR-376, a 31 km de Tibagi. O espaço possui animais exóticos e domésticos, além de trilhas, cavalgada e passeio de charrete.

# 3 Centro Histórico
Localizado no coração de Tibagi, o Centro Histórico conta com diversos atrativos, incluindo igrejas, praças, mirante e diversos prédios antigos que fazem parte da história do município. Tudo é próximo um do outro e de fácil acesso.

O Museu Histórico Desembargador Mercer Junior, conhecido como Museu do Garimpo, é um prédio histórico que retrata o ciclo do diamante e a história de Tibagi. É um dos mais completos acervos do Paraná. Por enquanto, está fechado para reforma.

# 4 Parque do Risseti
Lago, parque infantil, trilhas para caminhada e a Casa do Colono formam o Parque Risseti. No local, São preservados os costumes de imigrantes europeus e atividades dos tropeiros. Também há o quarto do terror (antigamente os adultos assustavam as crianças mais peraltas dizendo que as deixariam no quarto cheio de bruxas e monstros).

# 5 Parque Estadual do Guartelá
O cânion do Guartelá, cortado pelo rio Iapó, abriga desde 1992 o Parque Estadual do Guartelá, 6º maior do mundo em extensão e único com vegetação nativa. Protege um rico ecossistema e várias atrações naturais, como quedas d’água, corredeiras, formações areníticas, vales e inscrições rupestres de aproximadamente 7 mil anos.

A grande atração é o cânion e as duas trilhas que cortam o parque: Trilha Básica e Trilha das Pinturas Rupestres. A primeira, de aproximadamente 5.000 metros de extensão (ida e volta), dá acesso às piscinas naturais do Arroio Pedregulho, ao mirante do cânion e à cachoeira Ponte da Pedra. A trilha das Pinturas Rupestres é feita com guia autorizado pelo parque e possui aproximadamente 7,500 metros (ida e volta), que dá acesso às piscinas naturais, às pinturas rupestres e ao portal de rochas areníticas.

O Parque Estadual do Guartelá é uma das unidades de conservação a serem contempladas pelo Programa Parques Paraná, objeto do presente Chamamento Público.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
Tibagi fica a 198 km de Curitiba, e tem acessos pela BR-376, PR-340, BR-153 ou Rodovia Transbrasiliana.

De Ônibus:
nd

De Avião: 
nd

■ MAPA DA REGIÃO