Home / Cidades do Brasil / Capanema

Capanema

Capanema possui uma localização privilegiada em relação ao Parque Nacional do Iguaçu, à fronteira com a Argentina e com a proximidade das Cataratas do Iguaçu, o município de Capanema possui elevado potencial turístico.

A produção de derivados da cana de açúcar, como o melado e o açúcar mascavo, além da produção de orgânicos como os cítricos, maracujá, abacaxi entre outros, também são fontes de interesse turístico.

Os balneários às margens do Rio Iguaçu são atrativos que acomodam grande número de pessoas. Mas, seus principais atrativos estão localizados dentro do Parque Nacional do Iguaçu, sendo 70 km de margem do Rio Iguaçu que unem o município ao parque e proporcionam atividades que encantam os turistas.

Capanema está no mapa de turismo brasileiro, pertencendo à Região Turística Vales do Iguaçu. Atualmente, o município vem se destacando com seu potencial turístico e pode se transformar em um polo do setor.

A preservação do meio ambiente e as características físicas da região fazem de Capanema um lugar ideal para os adeptos do turismo da natureza. As principais trilhas estão localizadas dentro do Parque Nacional do Iguaçu, sendo que algumas delas vão ao encontro de exuberantes cachoeiras, porém, pode-se encontrar trilhas ecológicas em alguns balneários e no Parque de Exposições do município. Em Capanema, o turista pode praticar atividades como rafting, caiaque, tirolesa e muito mais.

■ PONTOS TURÍSTICOS

# 1 Ilha do Sol
Eis a oportunidade de realizar passeios de barco margeando o Parque Nacional do Iguaçu, podendo observar sua biodiversidade, aportando em uma ilha cheia de encantos naturais e com um toque de capricho e sutileza do homem.

São cerca de 20 minutos de barco, saindo do Porto Moisés Lupion, em Capanema, chegando à paradisíaca Ilha do Sol. Durante o percurso, que acontece pelo Rio Iguaçu, ainda pode-se admirar o Marco das Fronteiras entre o Brasil e Argentina. Dependendo do horário, avistar animais dentro do Parque Nacional do Iguaçu ou um pôr do Sol maravilhoso.

A Ilha do Sol possui ótima estrutura para atender o turista. Nela são oferecidos cafés da manhã, almoço ou lanches para o turista se deliciar enquanto desfruta dos encantos locais, além da possibilidade de caminhar por trilhas ecológicas e contemplar a exuberância da flora e da fauna existente no local. É possível até mesmo pernoitar na Ilha.

# 2 Silva Jardim
O passeio inicia-se por barco via Rio Iguaçu, adentrando no Parque Nacional do Iguaçu, onde se navega nas águas do charmoso Rio Silva Jardim. O trajeto de barco tem duração de cerca de 30 minutos e os acessos mais próximos são pelos Balneários Wesling e Gavião Macaco.

O turista desembarca e caminha em uma trilha de 1.800 metros que termina no exuberante Salto do Rio Silva Jardim.

Em contato direto com a natureza, os visitantes têm o privilégio de conhecer a flora e a fauna do parque em um passeio com cerca de 3 horas de duração, sentindo a emoção dos sons e aromas no maior remanescente de Mata Atlântica do Sul do Brasil.

Outra opção deste passeio exclui a navegação no Rio Silva Jardim, porém aumenta a caminhada por uma trilha de quase 4 km, que também finaliza no Salto do Rio Silva Jardim.

# 3 Trilha da Taquara
A Trilha da Taquara está localizada dentro do Parque Nacional do Iguaçu. Possui um percurso com cerca de 800 metros, onde o turista tem o contato direto com a natureza, avistando, tocando e sentindo os encantos da Mata Atlântica.

Ao final da trilha, encontra-se uma exuberante cachoeira, onde é possível banhar-se nas águas refrescantes e cristalinas do rio que leva o mesmo nome: Taquara.

O acesso é realizado com barco via Rio Iguaçu e, seu trajeto dentro da mata é um antigo caminho utilizado por caçadores e palmiteiros que hoje serve de roteiro turístico.

# 4 Ilha do Cavalo
Devido às ações de combate à extração ilegal do Palmito Juçara, agentes do ICMBio retiraram um cavalo de cor branca que estava dentro do Parque Nacional do Iguaçu que estava sendo utilizado para o transporte da iguaria cortada no interior do parque até a beira do rio, deixando-o juntamente com o gado que era criado na ilha. Esta curiosidade deu nome ao local: Ilha do Cavalo.

Atualmente sem a presença de gado, a ilha é habitada por animais como capivaras, veados, cotias, antas, felinos e aves de diversas espécies. O local também conta com três lagoas naturais com presença de jacarés, e ainda um significativo remanescente florestal de Mata Atlântica em regeneração que cobre seu território.

Sua localização está nas proximidades da Trilha da Taquara, possibilitando ao turista realizar a visita aos dois pontos turísticos em apenas um passeio.

# 5 Moinho
Com mais de 50 anos de existência, o tradicional moinho de pedra está localizado próximo ao correio e preserva até hoje a forma tradicional de moer grãos orgânicos na pedra.

■ EVENTOS

# 1 Feira do Melado
É realizada a cada dois anos no mês de agosto. O evento envolve diversidade de shows artísticos, expositores de todas os ramos e gastronomia variada.

# 2 Festa do Carneiro
A Festa do Carneiro, é um evento gastronômico que acontece anualmente. A disputa pelos prêmios de melhor carneiro envolve competidores que inovam no tempero e nas formas de preparo e procuram fazer o melhor carneiro assado.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
Capanema é cortada pela rodovia BR-163 e fica cerca de 120 km de distância de Cascavel e 600 km de Curitiba. Outra opção de acesso é a partir de Foz do Iguaçu, por dentro do território argentino, estando a cerca de 170 km por rodovias ou a 110 km, perfazendo parte do trajeto por estrada rural dentro do Parque Nacional Iguazu, na Argentina.

De Ônibus:
n/d

De Avião:
n/d

■ MAPA DA REGIÃO