Home / Cidades do Brasil / Mataraca
Foto: Divulgação / Pacific Hydro

Mataraca

Mataraca é um município do estado da Paraíba,fundado em 1963 e está localizado na região de Mamanguape-Rio Tinto. Seu topônimo que significa “monte de formigas”. Possui uma população de 8.345 habitantes.

Os principais atributos paisagísticos do litoral de Mataraca são os manguezais, as dunas e as lagoas freáticas. Os manguezais, além da beleza natural, possuem valor ecológico para a fauna e econômico para as populações tradicionais, que dele retiram boa parte do alimento, na forma de peixes crustáceos, moluscos, etc.

Já as dunas possuem elevado valor cênico, em função das lindas paisagens que as elevações e vales proporcionam. A maior parte das dunas, possui vegetação fixadora de porte médio, chamadas de Mata de Restinga, formando um verdadeiro tapete verde sobre elas.

Mataraca teve sua história sempre ligada a Mamanguape, da qual fazia parte. Participou do apogeu desta quando Mamanguape era o centro do comércio do estado. Tudo começa com a instalação do “Sítio Mataraca”, que era grande produtor de cana-de-açúcar e algodão. Além da área urbana da sede do município há um pequeno núcleo urbano com característica singular situado à beira-mar, mais ao sul, próximo ao rio Camaratuba. Com influencia da cultura indígena e presença de uma colônia de pescadores, a população tradicional convive com veranistas e pessoas de outras localidades que adotaram o local para viver.

Dentre os minerais valiosos presentes no subsolo mataraquense, o que mais se destaca é o titânio, cuja extração ocorre no nordeste do município, na mina conhecida como Guaju. A exportação do titânio produzido em Mataraca vai principalmente para os Países Baixos, através do Porto de Cabedelo.

Possui praias abertas protegidas com cordões de arrecifes de arenitos, alem de lagoas costeiras, cordões de dunas litorâneas, paleodunas, estuários, manguezais, vegetação fixadora de dunas, de porte herbáceo, arbustivo e arbóreo. O município conta com aproximadamente 14 km de extensão de orla entre a foz do Rio Camaratuba e a do Rio Guaju.

No turismo se destacam eventos pontuais como carnaval e a festa religiosa de São Pedro no meio do ano. No período de final de ano – alta estação – há uma ocupação por um grande número de turistas e veranistas. No núcleo urbano Barra de Camaratuba, único em toda a orla, além das moradias da população tradicional de pescadores, verifica-se a presença de inúmeras casas de veraneio – segunda residência – que, a exceção da alta temporada, permanecem grande parte do ano fechadas.

■ PONTOS TURÍSTICOS

Igreja Matriz do Bom Jesus

Vale dos Ventos
São 73 geradores de energia eólica que, apesar de produzir a chamada energia limpa, alterou o aspecto cênico da paisagem natural, incorporando a mesma as torres com cerca de 70 m de altura e hélices de 24 m de extensão.

Rio Camaratuba
No limite sul do litoral de Mataraca, que possui em torno de 14 km de extensão, temos o estuário do rio Camaratuba com seu manguezal característico. Próximo ao estuário, verifica-se a existência de quiosques e banheiros, que são utilizados pela comunidade e turistas, principalmente na alta estação.

Lagoa Encantada
Possui espelho de água cristalina cercado de mangabeiras

Rio Guaju
No final da Unidade IV temos a foz do rio Guaju. Esse rio, recentemente, sofreu uma alteração natural do canal principal de acesso ao estuário, fato que não ocorria há, pelo menos, trinta anos. Junto à foz do rio Guaju temos dunas altas próximo à praia, as mais elevadas também foram movimentadas pelo processo de mineração existente  no local e hoje já estão estabilizadas pela vegetação.

Parque Ecológico do Caranguejo-uçá
O parque foi criado com o principal intuito de proteger os remanescentes de manguezais da região, assim como o caranguejo-uçá, ameaçado pela pesca predatória na região. Apresenta uma área de 178 hectares coberta de manguezal, que é um ecossistema de transição entre o ambiente marinho e o fluvial do bioma da Mata Atlântica. A Paraíba ainda possui 92 km² de manguezais, os quais são considerados áreas de preservação permanente pela legislação federal.

■ PRAIAS

A orla do município de Mataraca tem sua economia pautada na exploração de minérios, na pesca artesanal, no turismo sol e mar e, mais recentemente, na produção de energia eólica.

Praia de Barra de Camaratuba

A praia de Barra de Camaratuba, a aproximadamente 12 km da cidade, é muito buscada no verão.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
O acesso é feito, a partir de João Pessoa, pelas rodovias BR-101 e PB-065, com distância rodoviária de 100 km até a sede do município;

De Ônibus:
N/D

De Avião:
N/D

■ MAPA DA REGIÃO