Home / Notícias / Trilhas do Parque Nacional da Serra do Divisor serão sinalizadas

Trilhas do Parque Nacional da Serra do Divisor serão sinalizadas

A secretária de Empreendedorismo e Turismo, Eliane Sinhasique, anunciou ontem que o Governo do Estado irá sinalizar as trilhas do Parque Nacional da Serra do Divisor. A informação foi dada durante reunião entre a secretária e Miro Magalhães, proprietário da Pousada do Miro, empreendimento de base comunitária localizado dentro da unidade de conservação situada no Vale do Juruá.

“Estou feliz de me encontrar com o Miro, porque já sabia de sua existência, e do empreendedor que ele é lá na Serra do Divisor, e também de saber que ele enxergou potencial naquela natureza exuberante, que tem gerado renda para aquela comunidade”, diz Sinhasique.

Além de anunciar a sinalização turística e melhoramento das trilhas do parque e do mirante, a secretária orientou o empreendedor a formalizar a associação de empreendedores de turismo do parque para que possam acessar recursos destinados a populações que exploram o turismo de base comunitária. A verba a ser usada para colocar a sinalização da trilha é proveniente de saldos de aplicações financeiras de convênios em andamento com o Ministério do Trabalho e que terão os planos de trabalho reformulados.

Miro Magalhães observou o aumento de turistas no parque e foi, aos poucos, adaptando a sua residência para recebê-los. Hoje, mantém a pousada com 14 quartos e quatro redários, onde hospeda turistas brasileiros e de países como França, Bélgica e Canadá, que visitam o local para turismo científico, de observação e vivencial. Ele também prepara e oferece todas as refeições com cardápio baseado na culinária regional.

Outros moradores do parque, a partir da Pousada do Miro, começaram atividades informais que geram renda com o turismo como a de guia, de carregadores, barqueiros. “No futuro, com a parceria da secretaria, a gente vai desenvolver muitas coisas que estamos precisando a partir da criação da associação, o que irá ajudar pra conseguirmos mais recursos”, avalia Miro Magalhães.

Fonte: Gov. do Estado do Acre