Home / Notícias / Trilha Transcarioca na cidade do Rio de Janeiro e seus perigos ao Turista

Trilha Transcarioca na cidade do Rio de Janeiro e seus perigos ao Turista

A Trilha Transcarioca foi inaugurada oficialmente em 2017. Ela percorre 180 km, saindo da Barra de Guaratiba até o Morro da Urca e atravessa os dois últimos remanescente de Mata Atlântica da região metropolitana do Rio de Janeiro. O primeiro e o Parque Estadual da Pedra Branca, sua area de risco esta bem na divisão das duas areas protegidas, na altura de Jacarepaguá / Mato Alto, posterior o turista atravessa para a zona de amortecimento do Parque Nacional da Tijuca.

Foto: Site Transcarioca

A trilha que é dividida em 25 trechos para facilitar a localização, possui diversos trechos perigosos para os viajantes. As áreas protegidas que a trilha Transcarioca atravessa sofrem com pressão antrópica como construções irregulares, caça e desmatamentos, todas as comunidades em seu perímetro são controladas pelo tráfico de drogas e ou milícia.

Na área de Jacarepaguá, onde se concentra a principal parte da travessia, é um dos lugares mais perigosos do trajeto que passa por varias favelas como o morro da Barão na Praça Seca (dominado pelo tráfico), Morro do Jordão (milícia) na Taquara e entre outros. Nessa região onde a trilha passa por um aqueduto, criminosos armados de fuzis ja foram vistos fugindo da Polícia. Já na parte do Parque Nacional da Tijuca, criminosos atravessam para outras favelas da região, onde utilizam a parte alta do parque para esconder armas e drogas, nesta parte as áreas de risco são as favelas do Complexo do Lins.

Infelizmente no momento não indicamos o trejeto da trilha Transcarioca.

Redação / Brasil Turismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *