Home / Notícias / Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis COMPLETA 10 ANOS DE CRIAÇÃO COM LIVRO COMEMORATIVO

Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis COMPLETA 10 ANOS DE CRIAÇÃO COM LIVRO COMEMORATIVO

Visitantes podem enviar imagens e depoimentos até dia 15 de abril.
Aniversário da unidade de conservação é tema do projeto ‘Quartas Ambientais’

O Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis completa 10 anos de criação no dia 6 de julho, aniversário da cidade. Para marcar a data, está sendo produzido um livro comemorativo. Além disso, a unidade de conservação é tema do projeto ‘Quartas Ambientais’ nesta quarta-feira, 27, às 15h, no Teatro Municipal.

O livro

A obra terá um capítulo intitulado ‘Mural do Visitante’, que contará com imagens e relatos de frequentadores do local. Para participar, basta enviar fotos e texto para o e-mail parquemontanhas@teresopolis.rj.gov.br, até o dia 15 de abril. Quem ainda não conhece o parque pode fazer uma visita, tirar fotos e participar. A publicação está sendo elaborada pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

‘Quartas Ambientais’

Projeto da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o ‘Quartas Ambientais’ tem como proposta a realização de palestras mensais com o intuito de conscientizar a sociedade sobre a necessidade da preservação ambiental para a qualidade de vida da população. Neste dia 27, a palestrante é a bióloga Renata Lopes, coordenadora do ProUC (Programa de Apoio às Unidades de Conservação), que falará sobre os 10 anos do Parque Municipal. O local é o Teatro Municipal, localizado no 2º piso da Prefeitura (Av. Feliciano Sodré, 675, na Várzea), com entrada franca.

Preservação ambiental

O Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis fica na parte noroeste do município, adjacente às cidades de Petrópolis e de São José do Vale do Rio Preto. Com uma área de 4.397 hectares, é uma das maiores unidades de conservação municipal totalmente protegida no estado do Rio de Janeiro. Contém uma imponente cordilheira com grandes afloramentos rochosos como a Tartaruga, Camelo e Santana.

O parque foi criado por decreto municipal (3.693/2009) e tem por objetivos preservar ecossistemas naturais de relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando pesquisa científica e educacional, recreação em contato com a natureza e ecoturismo. O parque foi incluído no Mosaico Central da Mata Atlântica do Rio de Janeiro, criado em dezembro de 2006.

O parque protege muitas nascentes e importantes remanescentes da Mata Atlântica. Um levantamento ecológico identificou 121 espécies de aves, 31 mamíferos, 19 répteis, 10 anfíbios e 8 grupos de insetos.

Fonte: ASCOM / Pref. Mun. de Teresópolis