Home / Notícias / Parque Nacional do Iguaçu atinge recorde de 2 milhões de visitantes

Parque Nacional do Iguaçu atinge recorde de 2 milhões de visitantes

Número histórico é registrado em ano marcado pelo aumento de 7% na procura de turistas brasileiros e estrangeiros pela atração

E o turismo brasileiro registrou mais um recorde no penúltimo dia do ano. O Parque Nacional do Iguaçu (PR) registrou nesta segunda-feira (30.12), a marca de dois milhões de visitantes na unidade de conservação que abriga as famosas Cataratas do Iguaçu. Às 9h12, a moradora de Vitória (ES), Marlucia Pimentel, foi reconhecida como a visitante de número 2 milhões do ano de 2019. Ano marcado pelo crescimento de 7% na procura do atrativo por turistas brasileiros e estrangeiros em relação ao ano passado. Marlucia estava acompanhada do marido, Rubens Pimentel, e do casal Maria Aparecida e Fernando Rios, amigos há 40 anos.

Como premiação pela marca histórica, o grupo ganhou do Parque Nacional do Iguaçu o passeio de barco pelas Cataratas, o sobrevoo na Maravilha Mundial da Natureza e a experiência gastronômica no Restaurante Porto Canoas, localizado ao lado das Cataratas do Iguaçu. Emocionada com a surpresa do recorde, a visitante número 2 milhões, Marlucia Pimentel, contou sobre o motivo do passeio. “Visitar as Cataratas do Iguaçu é a realização de um sonho de muitos anos. Convidamos nossos amigos para viajar com a gente e estamos comemorando 35 anos de casados nesta Maravilha da Natureza. Agora a emoção é em dobro”, disse.

Para Ivan Baptiston, chefe do Parque Nacional do Iguaçu, o registro de dois milhões de visitantes sinaliza que a unidade está no caminho certo. “Estamos zelando por este lugar e proporcionando condições para que mais pessoas possam conhecer e se conectar com a natureza. O parque está lindo. É isto que motivou a família Pimentel e seus amigos a conhecerem este lugar, que guarda uma das feições naturais mais lindas do mundo”, afirmou.

As atividades relacionadas ao turismo correspondem a mais de 50% da arrecadação de Foz do Iguaçu (PR) e quase 30% da economia da cidade está relacionada à visitação do Parque Nacional do Iguaçu, que responde por mil empregos diretos e cerca de 15 mil indiretos. “Os números expressivos do impacto do setor turístico na economia de Foz do Iguaçu reforçam o potencial desta atividade como importante indutor econômico no nosso Brasil. O turismo tem um enorme potencial para gerar emprego e renda para nossa população e é com esse foco que trabalhamos”, comentou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

CONCESSÃO – O Parque Nacional do Iguaçu é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão federal responsável pela administração das unidades de conservação federais do Brasil. Desde o ano de 1999, o Parque Nacional do Iguaçu conta com gestão dos serviços de visitação turística da concessionária Cataratas do Iguaçu S.A., empresa genuinamente iguaçuense, que integra o Grupo Cataratas.

Em seus 185 mil hectares de florestas, guarda a memória dos ambientes naturais da Região Oeste do Paraná. A memória das paisagens naturais, dos rios e riachos livres, límpidos e cheios de vida protege uma vasta, rara e especial manifestação de nossa fauna e flora. Em seu território, o Parque Nacional abriga perto de 400 espécies de aves, 158 espécies de mamíferos, 175 espécies de peixes, mais de duas mil espécies de plantas e mais de 750 espécies de borboletas.