Home / Notícias / Ministério do Turismo firma parceria com Rally dos Sertões

Ministério do Turismo firma parceria com Rally dos Sertões

Foco do trabalho conjunto é reforçar evento como uma plataforma de divulgação dos destinos turísticos por onde a prova passa

O Ministério do Turismo e o Rally dos Sertões vão somar esforços para consolidar a principal competição off-road do país como uma plataforma de promoção do Brasil. A ideia é aproveitar a prova esportiva para mostrar os atrativos por onde os carros passam. Os técnicos do ministério e os organizadores do rally vão trabalhar juntos para ampliar a repercussão do circuito como uma rota turística.

Além da competição esportiva, o “Sertões” incentiva a economia dos locais que visita e, de acordo com a organização, tem o mais abrangente programa de responsabilidade socioambiental de todas as competições esportivas do mundo. “A parceria é um excelente exemplo de como governo e iniciativa privada podem e devem andar lado a lado”, comentou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

O conhecimento técnico do ministério vai ajudar o rally na descoberta de novas paisagens e de um Brasil ainda pouco explorado. Enquanto visita lugares extradordinários, o “Sertões” vai revelando o potencial turístico do Brasil. “Vamos trabalhar juntos, aprender um com o outro e divulgar em conjunto as atrações turísticas do Brasil”, diz Joaquim Monteiro, CEO dos Sertões. A equipe da prova viaja com uma caravana de quase 2 mil pessoas entre pilotos, mecânicos, técnicos, jornalistas e convidados, entre outros profissionais, gerando um amplo impacto positivo em todas as regiões visitadas.

Em 27 edições, o “Sertões” ajudou a mostrar o que o país tem de melhor – sua gente, suas paisagens e também seu espírito empreendedor -, um incentivo extra para que o público descubra lugares incríveis e pouco revelados Brasil afora. O apoio institucional do Ministério do Turismo cria uma ponte do rally com a indústria do turismo e reforça a comunicação com o público através das redes sociais, feiras e outras ações do gênero. Mais informações em www.sertoes.com.

Fonte: AScom / Min. do Turismo