Home / Notícias / 40ª Festa da Polenta: cultura e tradição em Venda Nova do Imigrante

40ª Festa da Polenta: cultura e tradição em Venda Nova do Imigrante

Tradições italianas, gastronomia e música vão tomar conta de Venda Nova do Imigrante nos próximos dias. Isso porque começa nesta sexta-feira (12), e segue até o dia 21 de outubro, a 40ª Festa da Polenta que, como todos os anos, promete movimentar a cidade. O evento acontece no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman, o ‘Polentão’.

O primeiro dia de festa começa cheio de charme e beleza, com a eleição da 28ª Rainha da Festa da Polenta, que é seguida de show musical que embala a sexta-feira (12). Já no sábado (13), às 10h, acontece o desfile tradicional das famílias de Venda Nova do Imigrante; às 15h, o tradicional tombo da polenta. O dia também será repleto de shows, com destaque para a tração nacional Luan Santana, que se apresenta no Polentão à meia-noite.

No domingo (14) a programação tem início às 9 horas, com missa na Igreja Matriz. Em seguida, almoço típico, apresentação de coral, grupos de dança, tombo da polenta e shows também animam o dia. A Festa da Polenta dá uma pausa de três dias e recomeça na quinta-feira (18) com shows e tombo da polenta. Na sexta-feira (19), o evento continua com apresentações musicais.

Também com a programação cheia de atrações culturais, gastronômicas e musicais, o sábado (20) tem como destaques o momento do tombo da polenta, às 15h, e o show nacional de Gustavo, à meia-noite, no Polentão. O último dia de festa, domingo (21), fecha o evento com apresentações de danças típicas, tombo da polenta e shows.

Venda Nova do Imigrante fica a 115 km de Vitória e o melhor acesso é pela rodovia BR-262, sentido Minas Gerais. O trajeto de carro dura cerca de duas horas. Também é possível ir de ônibus até a cidade, pois existem saídas diárias da capital. Informações sobre passagens: Rodoviária de Vitória (27) 3203-3666. A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) apoia a realização desse evento por meio do Edital de Chamamento Público de Apoio a Eventos realizado em 2018, e incentiva o capixaba a conhecer e a valorizar a cultura local.

História da Festa da Polenta
A Festa da Polenta surgiu por iniciativa do Padre Cleto Caliman, em 1978, quando foi convidado para ir a uma Festa da Polenta em Sagrada Família, no município de Alfredo Chaves. Ele achou a ideia interessante e resolveu criar a festa em Venda Nova, onde o prato principal era a polenta.

Quando o número de participantes começou a crescer, com pessoas vindas de diversos lugares do Estado, surgiu a ideia de estender as comemorações por mais dois dias. Em 1995, a prefeitura adquiriu um terreno e criou o Centro de Eventos Padre Cleto Caliman para abrigar a Festa da Polenta e demais festas do município.

Descubra Venda Nova do Imigrante
Conhecida como a capital nacional do agroturismo, Venda Nova do Imigrante oferece aos seus visitantes a opção de conhecer o cotidiano da vida rural. As propriedades familiares produzem queijos, licores, cachaça, socol, café, entre outros.

Assim como a maioria dos municípios da região serrana, Venda Nova foi colonizada por imigrantes italianos. O nome de Venda Nova surgiu porque antigamente havia uma pequena mercearia, que era chamada simplesmente de venda. Essa mercearia foi reformada e ficou conhecida como venda nova, dando nome ao local. Como a cidade foi colonizada por imigrantes, com a emancipação, em 1988, foi adotado o nome de Venda Nova do Imigrante para evitar confusão com outras localidades brasileiras de mesmo nome.

Pontos turísticos de Venda Nova do Imigrante:
Casa da Cultura – um museu com mais de 600 peças que contam a saga da colonização italiana iniciada na cidade em 1892;

Casas coloniais – Venda Nova possui 17 casas do século XIX, feitas de estuque, assoalho de madeira, engradamento em palmito e telhado colonial. A casa dos Scabelo, construída em 1825, é a mais antiga do município.

Cachoeira do Alto Bananeiras – Cachoeira com sete quedas entremeadas na Mata Atlântica. Acesso no km 106 da BR-262, mais 4,8 km de estrada.

Caxixe Frio – A paisagem do lugar é encantadora, com vista para a pedra do Forno Grande e Pedra Azul, em Domingos Martins. Esta região é a maior produtora de morango e hortaliças do Estado. Acesso no km 98,5 da BR-262.

Igreja de Pindobas – Esta foi a primeira igreja do município, e está bem conservada. Acesso pela Rodovia Pedro Cola, km 8, Pindobas.

Mirante da Torre de TV – De lá pode-se ter uma visão panorâmica do Pico do Forno Grande, da Pedra Azul e de toda a cidade de Venda Nova do Imigrante. A rampa para asa delta e parapente abusa dos 1.189 metros de altura do morro. Leva ainda à Pedra do Rego, um dos pontos mais altos do município. Acesso no km 106 da BR-262, mais 6,7 km de estrada.

Morro do Filleti – Com 1.110 metros de altura, este morro também possui rampa para decolagem de asa delta e parapente. O acesso é fácil para qualquer veículo e o local é apropriado para caminhadas. Entrada no km 99,2 da BR-262, a 6 km da sede.

Pedra do Já 7 – Mirante e rampa para decolagem de asa delta e parapente. A altura é de 1.211 metros. Próprio para caminhada ecológica. Entrada no km 108 da BR-262.

Serra do Engano – Uma estrada sinuosa, com vista panorâmica, leva à cachoeira dos Barcelos e ao pico da Pedra do Garrafão, a 1.548 metros de altitude. Vale de Lavrinhas, a 2 km da sede.

Serviço:

40ª Festa da Polenta

Data: 12 a 14 e 18 a 21 de outubro de 2018

Local: Centro de Eventos Padre Cleto Caliman, o ‘Polentão’, em Venda Nova do Imigrante

Ingressos: de R$ 10 a R$ 70 no site https://www.superticket.com.br/

Mais informações: http://www.festadapolenta.com.br/

Programação Oficial – 40ª Festa da Polenta:

Sexta 12/10/2018

21:00h – Abertura da 40ª Festa da Polenta

21:30h – Eleição da 28ª Rainha da Festa da Polenta

23:30h – Show com New Place Band

Sábado 13/10/2018
10:00h – Desfile tradicional das famílias de Venda Nova do Imigrante
11:00h – Almoço típico
11:00h – Show com Toni Boni
13:30h – Apresentação de dança com Dei Bambini
14:00h – Show com Deco Dalponte
15:00h – Tombo da Polenta
17:00h – Pausa técnica
20:00h – Show com Uz Anônimos
22:00h – Show com Ragazzi dei Monti
00:00h – Show Nacional com Luan Santana
02:00h – Show com a Banda Badallados

Domingo 14/10/2018
09:00h – Missa na Igreja Matriz
11:00h – Almoço típico
11:00h – Show com Leandro Bellumat
13:00h – Apresentação do coral Sol da Manhã
13:30h – Apresentação de dança com Granello Giallo
14:20h – Show com Ragazzi dei Monti
16:00h – Tombo da Polenta
16:30h – Apresentação de dança com Sempre Avanti
17:00h – Apresentação de dança com Blumen der Erde Volkstanzgruppe
17:30h – Show com Deco Dalponte
19:30h – Show com a Banda Groove

Quinta 18/10/2018
19:30h – Show com Ragazzi dei Monti e Tombo da Polenta
21:30h – Show com a Banda Rastelo

Sexta 19/10/2018
20:00h – Show com Toni Boni
22:00h – Show com Saulo Simonassi
00:00h – Show com Dom Américo e seus Comparsas

Sábado 20/10/2018
10:00h – Desfile Cultural Italiano
11:00h – Almoço típico
11:00h – Show com Brasitalia
13:30h – Apresentação de dança com Dei Bambini
14:00h – Show com Toni Boni
15:00h – Tombo da Polenta
17:00h – Pausa técnica
20:00h – Show com a Banda Moustache
22:00h – Show com Ragazzi dei Monti
00:00h – Show Nacional com Gusttavo Lima
02:00h – Show com a Banda Black Set

Domingo 21/10/2018
09:00h – Missa na Igreja Matriz
11:00h – Almoço típico
11:00h – Show com Mirano Schuler
13:00h – Apresentação do coral Sol da Manhã
13:30h – Apresentação de dança com Granello Giallo
14:20h – Show com Ragazzi dei Monti
16:00h – Tombo da Polenta
16:30h – Apresentação de dança com Sempre Avanti
17:00h – Show com Toni Boni
19:00h – Show com Marcos e Willian