Cáceres

Cáceres está localizado a 215 quilômetros da capital Cuiabá, o município reúne inúmeros roteiros turísticos. Além de ser um ótimo lugar para passeios de natureza na área do Pantanal. A pecuária é a principal atividade econômica da cidade, que possui um dos maiores rebanhos de gado bovino do Brasil.

O município ainda carrega o título de “Princesinha do Rio Paraguai”, com belezas naturais e culturais ímpares. E ainda possui a maior extensão do Pantanal e os três ecossistemas: Pantanal, Cerrado e Floresta Amazônica.

Juntamente aos atrativos naturais como o Pantanal com o Rio Paraguai, a Dolina Água Milagrosa e as várias cachoeiras do município, o turismo de pesca esportiva tem atraído muitos visitantes para Cáceres, principalmente em sua festa maior, o Festival Internacional de Pesca Esportiva de Cáceres, que atrai um público de aproximadamente 250 mil pessoas.

É grande a quantidade de rios cortando o território cacerense, favorecendo, assim a existência de uma rica biodiversidade. Além do Paraguai, passam pela cidade o Sepotuba, Jauru e Cabaçal. Na região é grande a fartura de peixes como, pintado, dourado, pacu e outros. O lugar oferece ambiente propício para a observação de pássaros por possuir milhares de espécies de aves.

Mas, Cáceres não é só pescaria e atrativos naturais, a cidade tem um turismo histórico bastante interessante fazendo parte dele o casario secular do centro histórico, as fazendas centenárias e os sítios arqueológicos da região. Por ser uma cidade fundada no século XVIII, Cáceres possui inúmeros prédios e elementos arquitetônicos e que teve parte do perímetro no centro tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) no ano de 2010. E foram ainda tombadas fazendas, usinas, e sítios arqueológicos.

■ PONTOS TURÍSTICOS

Catedral de Cáceres
A Catedral de São Luiz de Cáceres, sem duvida é um dos cartões postais de nossa cidade, cheia de imponência, beleza arquitetônica, localizada na Praça Barão do Rio Branco, inaugurada no dia 25 de agosto de 1965, após cinquenta anos de construção, no seu exterior predomina o estilo gótico, comparado as mais belas catedrais da França e um interior com amplo santuário.

Dolina Água Milagrosa

Divulgação/SESC

É considerada um dos melhores pontos de mergulho de Cáceres, no Mato Grosso. Trata-se de um lago circular com 183 m de profundidade rodeado por paredões rochosos em uma propriedade particular. Dizem que suas águas têm poderes medicinais – daí o nome Dolina Água Milagrosa.

Localizada num morro de calcário, a Dolina é frágil e, por isso, há um limite máximo de visitantes por dia. Durante a época seca (de maio até setembro), a água ganha uma coloração azulada, e durante a época cheia, fica esverdeada. No local, existem ainda uma gruta e uma caverna que podem ser visitadas. É  preciso caminhar em meio à mata nativa e descer uma escadaria irregular de madeira íngreme com mais de 150 degraus.

Praia do Daveron
Localiza nas margens do Rio Paraguai, a Praia do Daveron oferece diversas opções de lazer gratuitos que podem ser desfrutados com toda família, em piqueniques, trilhas, banhos de rio, jogos de futebol de areia, vôlei, caminhadas, academia, além de uma perfeita contemplação da fauna e da flora com as mais variadas espécies de pássaros que convivem com os humanos, dia a dia e que de tão familiarizados sempre pedem um pedaço de lanche, pousam para fotos e respondem por seus respectivos nomes.

Fazenda Jacobina
No passado foi a Célula-Mater de Cáceres (Vila Maria), pois era a mais rica fazenda da Província, dos Coronéis, dos Escravos e de Sabino Vieira, da Guerra das Sabinadas que ali ficou exilado, hoje um marco Histórico com seus Casarões de estilo Colonial do século XVIII, hoje tombado pelo Patrimônio Histórico Estadual, propicia p/ o Turismo Rural.

Fazenda Facão
No passado Indústria de produtos derivados da Cana de Açúcar em especial a aguardente e o açúcar e todos os cereais, inclusive a farinha de mandioca muito consumida pelos pantaneiros e chikitanos, hoje com suas Historias, Lendas, Sítios Arqueológicos, Grutas, Cavernas, Trilhas, Ecoturismo e Cachoeira com água de bica.

Fazenda Ressaca
No passado Industria Açucareira e Aguardente de grande produção anual, na média de 180.500 Kg., de Açúcar e 90.000 litros de aguardente (cachaça), possuía também uma Fabrica de Farinha de mandioca e uma Fundição de Bronze. Às margens do Rio Paraguai possuía um excelente Porto de embarque e desembarque para os navios a vapores, um marco histórico regional com suas Monumentais construções de Arquitetura Colonial, suas estórias e Sítios Arqueológicos das antigas civilizações indígenas do Pantanal (Índios Guatós), hoje um grande produtor da pecuária de corte.

Fazenda Barranco Vermelho
Com Arquitetura (eclética) imponente e majestosa da década de 30 a margem esquerda do Rio Paraguai, antiga Indústria Saladeira, ou seja, Charqueada (fardos de carne seca). Hoje a serviço da História, berço das antigas civilizações indígenas em seus Sítios Arqueológicos e funcionando como uma pousada para Turismo, com belíssimas paisagens naturais, Fauna e Flora exuberante, local ideal para a pratica da Pesca Esportiva (Pesque Solte), com Pousada turística.

Fazenda Descalvados
No passado uma grande “Fabrica que distribuía fumaça na Planície Pantaneira”, Indústria que extraia produtos derivados da carne bovina, organizada por uma Companhia Belga denominado de “Produits Cibilis” que era exportada para os Hospitais da Bélgica. Possuía um rebanho de “Gado Vacum” estimado em 300 mil cabeças. Teve o primeiro CEP e sistema de Correios e Telégrafos, com mais de 200 famílias ali residindo, com um Porto para embarque e desembarque, para os navios a vapores. Hoje a serviço da História, da Arqueologia, do Meio Ambiente e diversas modalidades do Turismo, com suas belas construções de Arquitetura Colonial, majestosa em Pleno Pantanal, Tombado pelo Patrimônio Histórico Estadual, hoje uma Pousada a serviço do Turismo.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
O trajeto Cuiabá-Cáceres é feito através da BR-070, asfaltada e em boas condições de conservação. Cáceres possui as seguintes rodovias de acesso: BR-070 (ligação com Cuiabá), BR-174 (ligação com o Estado de Rondônia) e MT-343.

De Ônibus:
Terminal Rodoviário de Cáceres
Endereço: R. 13 de Junho – Centro, Cáceres – MT, 78200-000

De Avião:
Cáceres também possui um aeroporto regional com pista pavimentada de 3.600 metros de extensão por 35 metros de largura, homologada e aberta.

■ MAPA DA REGIÃO