Home / Cidades do Brasil / Goiânia
Foto: CC BY 3.0 BR

Goiânia

Goiânia é capital do estado de Goiás, a cidade possui um dos melhores índices de qualidade de vida do país. Distante 209 Km de Brasília. Goiânia, considerada um dos maiores centros financeiros do País, tem vocação para os negócios, com ênfase no comércio e na prestação de serviços, com destaque para a área de saúde. Além de concentrar indústrias do setor alimentício, destaca-se também por ser um dos grandes polos confeccionistas de roupa do País.

Além do grande número de áreas verdes, que supera em quase oito vezes a taxa preconizada pela Organização das Nações Unidas (12 m²), a capital goiana é a cidade brasileira com maior quantitativo de árvores em vias públicas.  Diversos projetos  socioambientais contribuíram para que a Comissão Europeia e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) escolhessem o município como um dos integrantes da lista de cidades mundialmente sustentáveis.

■ PONTOS TURÍSTICOS

# 1 Biblioteca da Agência Municipal de Meio Ambiente (Sala Verde)
Biblioteca da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), a Sala Verde é um espaço onde a comunidade pode ter acesso às informações ambientais, atividades e eventos de caráter ecológico e cultural, dentre outras ações e processos educacionais voltados à questão ambiental. A biblioteca conta com um acervo de 800 publicações, entre periódicos, livros e audiovisuais, além de documentações avulsas.

# 2 Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro
O Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro foi inaugurado em 21 de junho de 2006, com o objetivo de democratizar o acesso da população aos bens culturais, e fomentar o talento local em todas as suas formas de manifestação. Atualmente, o Goiânia Ouro possui um teatro com capacidade para 291 pessoas, um cinema com capacidade para 217 pessoas, um bar conhecido como Café Cultura, além de uma loja e o espaço Prosa e Verso.

# 3 Centro Cultural Jesko Puttkamer
Instalado na antiga casa do pesquisador Jesko Puttkamer, no Setor Bueno, doada à Universidade Católica de Goiás (UCG), o Centro Cultural reúne centenas de peças arqueológicas. A maioria resgata a história da ocupação humana do Centro-Oeste desde a pré-história até a chegada dos grupos de caçadores, coletores, ceramistas e agricultores. Uma exposição permanente de fotos registra momentos importantes do pesquisador nas aldeias indígenas e do Brasil selvagem que ele conheceu em diversas regiões do País.

# 4 Feira Hippie
A maior e mais antiga feira da cidade é a Feira Hippie que acontece aos domingos durante a toda manhã. Com 6.884 feirantes cadastrados, é considerada a maior feira livre do Brasil e da América Latina. Com aproximadamente 30 anos, a feira tem sua história iniciada na década de 60, quando alguns hippies expunham suas peças no Mutirama, migrando em seguida para a Praça Universitária, depois para a Praça Cívica até se fixarem na Praça do Trabalhador que é um ponto histórico de Goiânia. Situada ao lado do Terminal Rodoviário e próximo à antiga Estação Ferroviária de Goiânia, proporciona ainda uma viagem pela história da cidade com a vista para a Maria Fumaça, desativada na década de 1970, e que tem o prédio tombado pelo Governo do Estado desde 1998.

# 5 Museu de Arte de Goiânia (MAG)
Inaugurado no dia 20 de outubro de 1970, o Museu de Arte de Goiânia (MAG) funcionou nos seus primeiros tempos na Praça Universitária. Destinado às artes visuais, o MAG foi transferido para o Bosque dos Buritis em 1981. Centenas de obras, de diferentes linguagens artísticas, compõem o seu acervo, formado pelos nomes de maior representatividade da arte brasileira.

# 6 Museu de Ornitologia José Hidasi
Criado há mais de 40 anos, o local conta com exposição permanente de animais e aves empalhados de várias partes do mundo. José Hidasi, húngaro naturalizado brasileiro, é fundador do museu e pretende transformá-lo em um Instituto de Biodiversidade que levará o seu nome.

# 7 Museu Zoroastro Artiaga
O Museu Zoroastro Artiaga foi o primeiro de Goiânia. Criado em 1946, no governo de Coimbra Bueno, é localizado na Praça Cívica, e leva o nome do historiador e pesquisador que teve a preocupação de reunir um vasto material relacionado a Goiás e à fundação de Goiânia. Sua exposição permanente contempla aspectos arqueológicos, antropológicos, da cultura material indígena, grande parte coletada pelo historiador e pesquisador. Uma coleção de oratórios, documentos e fotos históricas registra a história de Goiás.

# 8 Museu da Imagem e do Som (MIS)
O local possui um amplo acervo de discos, fitas, gravações e filmes. A parte fonográfica tem 40 mil discos, parte doada pela Rádio Brasil Central. O museu traz a história da TV em Goiás a partir de fitas pertencentes à Coleção Brasil Central e passam por processo de restauração e digitalização. Toda a coleção das dez edições do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica) também integra o acervo do museu, criado em 1988.

# 9 Museu Antropológico da Universidade Federal de Goiás
Direcionado ao ensino e à pesquisa, o Museu Antropológico da Universidade Federal de Goiás (UFG), localizado na Praça Universitária, propõe a discussão sobre a região Centro-Oeste. Imagens, sentimentos, símbolos e objetos significativos permitem a construção da identidade regional. O museu promove seminários, oficinas, cursos e eventos diversos.

# 10Museu Pedro Ludovico Teixeira
Instalado na antiga casa do fundador de Goiânia, Pedro Ludovico Teixeira, o museu traz uma decoração típica dos anos 40, em estilo Art Déco. Com móveis originais, amplo quintal e pomar repleto de árvores frutíferas, piscina (agora coberta), muro baixo que dá para a Rua Gercina Borges Teixeira, a casa se mantém intacta, como seu dono a deixou quando morreu em 1979.
Recentemente revitalizada, a biblioteca do museu possui centenas de livros.

# 11 Memorial do Cerrado
Em perfeita integração com a natureza, o museu abriga a estação Ciência São José do Instituto do Trópico Subúmido (ITS-UCG). Além da natureza preservada, a Vila Cenográfica de Santa Luzia, a réplica do Quilombo, a Fazenda Auto-sustentável, a Aldeia Timbira são algumas atrações. As primeiras habitações construídas de pau-a-pique remetem ao quilombo dos calungas. Animais empalhados recriam o habitat natural da fauna do cerrado. O Museu de História Natural apresenta objetos arqueológicos e de pesquisa.

# 12 Parque Municipal da Lagoa 
A unidade de conservação abriga uma lagoa que estava aterrada e destruída na década de 90, e foi completamente recuperada pela prefeitura. Hoje exuberante e limpa, com 2.322 metros quadrados de extensão e 2,5 metros de profundidade, a lagoa ajuda a compor o belo cenário do parque de 37.251 metros quadrados implantado no local.

# 13 Jardim Botânico Amália Teixeira Franco
A maior unidade de conservação da capital goiana conta com a nascente do Córrego Botafogo e tem uma área total de 1 milhão de metros quadrados

# 14 Teatro Goiânia
O Teatro Goiânia é o mais tradicional espaço cultural de Goiânia. Inaugurado em 12 de junho de 1942, ele integra o conjunto arquitetônico de estilo art decó projetado pelo arquiteto Jorge Félix. Sua construção teve início em 1940.

# 15 Teatro Rio Vermelho
Com capacidade para 2700 pessoas, o Teatro Rio Vermelho foi fundado em 1992. É o mais moderno da cidade, com palco removível e oito cabines de tradução simultânea.

# 16 Teatro SESI
O espaço dispõe de espaços para todas as expressões artísticas: teatro, dança, música, circo, exposições de artes plásticas, lançamentos literários e oficinas integradas às atividades de lazer e entretenimento do tradicional SESI Clube Antônio Ferreira Pacheco, onde o centro cultural foi construído. Trata-se de um importante espaço cultural, que tem como meta dar prosseguimento à vocação do SESI de estimular a criatividade dos trabalhadores na indústria e seus dependentes.

# 17Parque Estadual Altamiro de Moura Pacheco
Com uma área de aproximadamente 3.183 hectares,  A sede do Parque está distante cerca de 12 quilômetros de Goiânia e 10 quilômetros de Terezópolis de Goiás.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
De Goiânia, acesso pela pela BR-153 (até Anápolis), BR-414 (até Planalmira) e GO-338
De Brasília, acesso pela BR-070 (até Corumbá de Goiás), BR-060 (saída para Goiânia, direção a Abadiânia) e GO-338.

De Ônibus:
A viação Goianésia (www.viacaogoianesia.com.br) tem ônibus partindo de Brasília, Goiânia e Anápolis.

De Avião:
Aeroporto de Goiânia / Santa Genoveva
Endereço: Alameda 4 – Aeroporto Santa Genoveva – Goiânia/GO
CEP: 74672-856

■ MAPA DA REGIÃO