Serra Negra

Encravada na Serra da Mantiqueira a 150 km de São Paulo, em uma região de 927 metros de altitude com picos de até 1.300 metros está a Estância Turística Hidromineral de Serra Negra.

Rodeada por montanhas da Serra da Mantiqueira, a vegetação é exuberante, compondo um cenário de extraordinária beleza natural. Em meio ao Circuito das Águas Paulista, nossa cidade possui um ambiente seguro e agradável. Aqui a tranquilidade e qualidade de vida estão presentes por meio da boa estrutura turística. Por possuir uma das maiores redes hoteleiras da região, Serra Negra pode abrigar milhares de pessoas que fazem a população de visitantes aumentar durante as férias e feriados.

Fundada em 23 de Setembro de 1828 por Lourenço Franco de Oliveira, Serra Negra só começou a ficar nacionalmente conhecida na década de 40, quando suas águas começaram a ser usadas para tratamento de saúde.

De lá para cá, sua vocação turística natural como Estância Hidromineral começou a atrair turistas de todo o Brasil, inclusive do exterior. Sua população residente é de atualmente 26 mil habitantes, número que chega a 45 mil em épocas de temporada e de feriados. Podemos continuar pelo turismo rural nas diversas propriedades que desenvolvem o plantio de café e cultivo de produtos orgânicos e também na fabricação de laticínios, vinhos e cachaças que é tradicionalmente conhecida como a rota do Queijo e Vinho, além das cachoeiras e as mais belas paisagens naturais.

O seu maior chamativo é a reconhecida diversidade de opção de compras nas ruas da cidade, como um “shopping a céu aberto” que oferecem variedades de produtos em lã, couro, linha, malha, artesanatos, sapatos, bolsas, cosméticos, além de restaurantes e bares aconchegantes para curtir o clima da montanha. Sendo válido destacar que o comércio local fica aberto de segunda a segunda-feira, das 9h às 18h, inclusive feriados, sendo um dos poucos na região aberto para atender todo e qualquer turista que venha nos visitar. O roteiro tem como característica especial o lazer de descanso, turismo rural e aventura, compras e gastronomia, voltado para família, namorados e amantes da natureza.

O município faz parte do Circuito das Águas Paulista que é constituído por Águas de Lindóia, Amparo, Holambra, Jaguariúna, Lindóia, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Serra Negra e Socorro. Os municípios que o integram produzem juntos 55% da água mineral consumida em todo o País. O Clima é sempre agradável, com temperaturas amenas.

 

■ PONTOS TURÍSTICOS

Teleférico
Proporciona um passeio áereo maravilhoso, panorâmico de inesquecível beleza, encanto, emoção e segurança, com 1.500m (comprimento) com 50 cadeirinhas.

 

Cristo Redentor
Inaugurado em 06 de Julho de 1952, no alto do Pico do Fonseca. Localizado a 1.080 m de altura, o monumento possui 18 m, sendo 6 m de pedestal e 12 m de estátua. O acesso se dá pelo teleférico ou por veículo através da rua Antonio Jorge José. No local há um mirante e uma lanchonete.

Trenzinho Tia Linda e Maria Fumaça
Veículo de tradicional city tour pela cidade, seus roteiros se diferem pela inclusão do Parque Fonte Santo Agostinho, Parque Fonte São Luiz, Mercado Cultural. A saída ocorre da Praça João Pessoa e Praça João Zelante.

Centro de Convenções Circuito das Águas
Com 15 mil m² de área construída, possui três auditórios que comportam 1.140, 180 e 80 pessoas, três salas de apoio com capacidade para 138 pessoas/ cada e um hall de 4 mil m². Cercado de exuberante paisagem, possui área de exposição externa e amplo estacionamento. O espaço é utilizado durante todo o ano para a realização de congressos, feiras e os mais diversos tipos de eventos de cultura e lazer.

Conjunto Aquático Municipal
Constituído por uma piscina com mais de 1.000m3 e piscinas menores, duchas, vestiários, lanchonete, pista de patinação, área verde e fonte Menino Jesus de Praga. Localizado à rua Antonio Jorge José (centro).

Lago dos Macaquinhos
Apresenta área para piqueniques, pesqueiro, aluguel de cavalos, pedalinhos, piscinas, playground, chalés e uma ilha no centro do lago com criação de macaquinhos originários do local. Acesso pela Rodovia Serra Negra Amparo, a 6 Km do centro da cidade.

Alto da Serra
Ponto mais alto da região com 1.310m, onde é possível avistar mais de 10 cidades da região, tendo também uma das mais belas vistas. O acesso é feito pela Rua 14 de julho.

Parque e Represa Dr. Jovino Silveira
Estação de tratamento de água. O visitante encontra ampla área verde, quiosques para piqueniques e churrascos, viveiro de pássaros, sanitários, lanchonete, pista de bocha, playground e a fonte Nossa Senhora de Lourdes. Acesso pela Rodovia Serra Negra – Amparo, Km 146.

Recinto Municipal de Feiras e Exposições de Serra Negra
Local onde se realizam importantes eventos, como a Festa do Peão de Boiadeiro todos os anos no mês de setembro.

Parque Fonte Santo Agostinho
Bosque de vegetação nativa, com as fontes Santo Agostinho e Santa Luzia, lago e playground. Pode ser visitado por meio de trenzinhos que saem da Praça João Pessoa.

Centro Esportivo
Localizado no final da avenida Juca Preto, em frente o recinto de rodeio da Equipe Casco de Ouro, este conjunto esportivo em formato de um disco voador já foi palco de treinamento de grandes equipes de basquete e vôlei, inclusive das seleções brasileiras. Vale a pena conhecê-lo.

Comércio Local
O comércio de Serra Negra está concentrado nas ruas centrais da cidade: Ruas Coronel Pedro Penteado, Sete de Setembro, nas ruas transversais e em diversas galerias. Apresenta uma enorme variedade de produtos em lã e linha (malharias), vestuário e acessórios em couro, enxovais, presentes e artesanatos diversos.

 

■ COMO CHEGAR

De Carro:

De São Paulo para Serra Negra, pela rodovia Anhanguera até o km 62 depois de Jundiaí, no trevo de Itú – Itatiba, seguindo à direita até Itatiba, Morungaba, Amparo e Serra Negra. (152 Km.)

De São Paulo para Serra Negra, pela rodovia Fernão Dias, via Mairiporã, Atibaia, Bragança Paulista, Socorro, Lindóia e Serra Negra. (175 Km.), ou ainda de Atibaia pela rodovia D. Pedro I, até Itatiba, Morungaba, Amparo e Serra Negra.

De Campinas a Serra Negra, pela rodovia SP – 340, via Jaguariuna (SP – 95), Pedreira, Arcadas, Amparo (SP – 340) e Serra Negra. (72 Km.)

Do Rio de Janeiro a Serra Negra, pela rodovia Presidente Dutra até Jacareí no Km. 169, seguir à direita pela rodovia D. Pedro I até o Km 106, seguir à direita via Morungaba, Amparo e Serra Negra (511 Km).

De Belo Horizonte para Serra Negra, via Itaquara, Oliveiras, Lavras, Três Corações, Pouso Alegre, Ouro Fino, Monte Sião, Águas de Lindóia, Lindóia e Serra Negra. (499 Km.)

De Curitiba para Serra Negra, pela Br 101 até São Paulo 408 Km., e até Serra Negra. (552 Km.)

De Ônibus:
ND

De Avião:
ND

■ MAPA DA REGIÃO 

Check Also

Tabatinga

 Tabatinga está localizada no extremo oeste do estado do Amazonas, sua população é de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *