Cuiabá

Cuiabá, capital do estado brasileiro do Mato Grosso, está situado às margens do rio de mesmo nome. Com uma população de quase 530 mil habitantes, ficou praticamente estagnada desde o fim das jazidas de ouro até o início do século XX. Escolhida uma das 12 cidades-sede para a Copa do Mundo da Fifa de 2014, Cuiabá, a maior cidade do estado, representará o Pantanal no torneio. Com clima quente e muita arborização, a cidade é conhecida como ” Cidade Verde” e se situa na parte mais central da América do Sul.

Terra de povo alegre e hospitaleiro, conta com programas noturnos e pontos turísticos. Quem visita Cuiabá deve conhecer seu Centro Histórico, que guarda relíquias do período colonial, e onde se situam os famosos calçadões. O Centro Geodésico da América do Sul guarda lembranças dos tempos onde era uma praça de enforcamento de condenados, além de campo de touradas.

Desde sua fundação, a capital apresenta o convívio de várias culturas, o que é refletido na dança, nos artesanatos, no modo de falar e na gastronomia. Essa última é um dos pontos que mais atraem turistas, com sua base nos peixes dos rios da região (pacu, pintado, cachara e dourado), tem influência indígena, portuguesa, espanhola e africana. Os pratos mais típicos do local são a ‘Mojica de Pintado’ e a ‘Maria Isabel’ – farofa de banana da terra.

Entre tantas igrejas, algumas são paradas obrigatórias. A Igreja do Bom Despacho, conhecida como ‘Notre Dame Cuiabana’, é a mais bonita da cidade, com seu estilo gótico. A Capela de São Benedito é a única barroca de Cuiabá, fundada por escravos em 1764.

Com mais de 16 museus, a cidade tem em sua característica o turismo cultural. O Palácio da Instrução, conta com Museu Histórico, Museu de Arte Sacra e Museu de Historia Natural e Antropologia (Centro de Zoologia,Botânica, Antropologia e Paleontologia do Estado). O campus da UFMT comporta o Museu do Índio (Rondon). O Aquário Municipal tem vista para o Rio Cuiabá e parte da cidade, além do Museu do Rio (com peixes do Pantanal).


■ PONTOS TURÍSTICOS

Centro Histórico
Fundada em 1719, com a descoberta de ouro em abundância, Cuiabá transformou-se na maior cidade do Brasil em menos de duas décadas. Passada a corrida do ouro, a verde capital do velho oeste brasileiro teve que resistir a longos anos de estagnação econômica.

Palácio Paiaguás
É a Sede do Governo do Estado e situa-se Centro Político e Administrativo (CPA). Foi inaugurado em 1975.
Palácio AlencastroSede da Prefeitura Municipal de Cuiabá , o Palácio Alencastro situa-se na praça de mesmo nome, bem ao lado da Catedral Metropolitana. O prédio, de linhas modernas, foi construído na década de 60 .

Arsenal de Guerra – SESC Arsenal
Foi criado em 1818, por ordem de Dom João IV. Foi construído para ser ” um estabelecimento militar para conserto e fabricação de armas “, conforme definiu a carta-régia. Hoje encontra-se restaurado e funcionando como um centro cultural.

Catedral Metropolitana de Cuiabá
Inaugurada em 1973, a atual catedral foi construída sobre os escombros da antiga , uma jóia do período colonial que foi demolida num episódio até hoje não esclarecido. De qualquer forma, sua arquitetura moderna tem admiradores. É a sede da tradicional festa do Senhor Divino, que acontece de maio a junho.

Igreja Bom Despacho, Rosário e Capela São Benedito
A ” Notre Dame Cuiabana ” é, ao menos externamente, a mais bela igreja da cidade. Seu estilo gótico, inédito em boa parte do país, foi definido por um arquiteto francês que teve toda a liberdade para ousar. Inaugurada em 1919, a igreja ainda está inacabada.

Igreja do Rosário e Capela de São Benedito
Esta é a única igreja barroca de Cuiabá. Foi fundada por escravos em 1764. É local da tradicional festa de São Benedito que acontece sempre no mês de julho.

Casa do Artesão e Regionalíssimo
Situada na 13 de junho , no bairro do Porto , a Casa do Artesão tem uma bela amostra da cultura mato-grossense . Há um Museu do Artesanato com exposição permanente de peças caboclas e indígena. O turista pode comprar souvenirs.

Palácio da Instrução
Belíssima construção, em pedra canga, localizada na região central de Cuiabá, ao lado da Catedral Metropolitana. Inaugurado 1914 , é a sede da Secretaria Estadual de Cultura, do Museu de História Natural e Antropologia e da Biblioteca Pública.

Parque Nacional Chapada dos Guimarães
Localizado à 60 quilômetros de Cuiabá, o Parque Nacional de Chapada dos Guimarães é um dos lugares mais belos do Brasil. Aliás, belo é isenção jornalística, o lugar é mesmo deslumbrante, cinematográfico. Ao todo, são 33 mil hectares de cachoeiras, paredões e mirantes.

Parque Estadual Mãe Bonifácia
O parque com 77 hectares de área verde e diversas espécies da flora e vegetação típica do cerrado, está localizado na região central da capital mato-grossense , com diversas pistas para caminhada. E o Zoológico da cidade possui animais típicos da fauna mato-grossenses e do pantanal. Os clubes e parques aquáticos são ideais devido ao clima quente.

■ COMO CHEGAR

De Carro:
As rodovias federais de acesso a Cuiabá são: BR 364, ligando ao estado de São Paulo e a nordeste com Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC);
BR 163 – liga pelo sul o município com Campo Grande (MS), São Paulo e a Região Sul do Pais e pelo norte com Santarém (PA);
BR 070 – liga a oeste o município com Cáceres (MT) e a leste com Brasília (DF).

De Ônibus:
Rodoviária de Cuiabá
End.: Rua Jules Rimet – Senhor dos Passos, Cuiabá – MT
CEP: 78048-610
Tel.: (65) 3621-3629

De Avião:
Aeroporto Internacional Marechal Rondon
End.: Av. João Ponce de Arruda s/nº, Jardim Aeroporto Várzea Grande-MT
CEP: 78.110-900
PABX: (65) 3614-2500
Distância do Centro: 10 km

■ MAPA DA REGIÃO 

Check Also

Palmas

O Estado do Tocantins, antes pertencente ao Estado de Goiás, foi criado em 5 de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *