Canindé de São Francisco

Para quem deseja curtir além do sol e mar do Nordeste a dica é seguir rumo a cidade de Canindé de São Francisco, portão de entrada para Complexo Xingó, localizada as margem do Rio São Francisco e a 200 Km da capital Aracaju. O Cânion do Xingó principal atrativo turístico do Complexo que integra nas águas do rio São Francisco.

Além da abundância de belezas naturais, Canindé de São Francisco ficou ainda mais atraente para o turista desde que as águas do Rio São Francisco foram represadas para a construção da barragem da Usina Hidroelétrica de Xingó, em 1988. As corredeiras do rio deram lugar a águas mais calmas e propícias à navegação, o que possibilita agradáveis passeios de catamarãs e lanchas entre belíssimos cânions nas margens do rio.

Está localizada em Canindé de São Francisco a Usina Hidrelétrica de Xingó, onde acontecem visitas monitoradas, e também o Cânion de Xingó (ou Cânion do Talhado) onde se chega através de navegação pelo Rio São Francisco.

O clima da região é semi-árido, com sete a oito meses secos (de agosto a março), de sol e muito calor. As chuvas ocasionais são concentradas em poucos meses do ano (de maio a agosto). As temperaturas são altas durante todo o ano, variando entre 24ºC e 33ºC, mas podem chegar até 43ºC no verão.

 

■ PONTOS TURÍSTICOS
Passeio no Cânion do Xingó
Com a construção da barragem da Usina Hidroelétrica de Xingó no Rio São Francisco, deu-se origem a um cânion, formado por um vale profundo, com 65 quilômetros de extensão, 170 metros de profundidade e largura que varia de 50 a 300 metros. O visual é muito bonito, com rochas de granito avermelhado e cinza na encosta, além das diferentes espécies de aves e répteis na caatinga, vegetação do local. Há possibilidade de fazer passeios de lancha, escuna e catamarã (veleiro de dois cascos) por um labirinto para admirar o local.

Max – Museu de Arqueologia de Xingó
O Museu de Arqueologia de Xingó da Universidade Federal de Sergipe (UFS), foi inaugurado em abril de 2000. Surgiu como uma estratégia para permitir a manutenção da pesquisa e a preservação do patrimônio arqueológico do Baixo São Francisco, resultante do salvamento arqueológico realizado pela UFS de 1988 à 1997. A organização estrutural do MAX é constituída pela Administração Central, pelos Laboratórios de Pesquisa Arqueológica e Reserva Técnica, pelo Sítio Escola e pela Unidade de Exposições, que dá corpo e sentido ao MAX, situada no município de Canindé do São Francisco, Sergipe. Essa unidade constitui o veículo de contato mais direto tanto com os resultados da pesquisa arqueológica quanto com a comunidade local e regional.

Usina Hidrelétrica de Xingó
A Usina de Xingó está instalada no rio São Francisco, principal rio da região Nordeste. Está posicionada com relação ao São Francisco a cerca de 65 km à jusante do Complexo de Paulo Afonso, constituindo-se o seu reservatório, face as condições naturais de localização num canyon, numa fonte de turismo na região através da navegação no trecho entre Paulo Afonso e Xingó, além de prestar-se ao desenvolvimento de projetos de irrigação e ao abastecimento d’água para a cidade de Canindé/SE.

Compreendem o represamento de Xingó as seguintes estruturas: barragem de enrocamento com face de concreto a montante com cerca de 140 m de altura máxima; na margem esquerda (AL) situa-se o vertedouro de superfície do tipo encosta com duas calhas e 12 comportas do tipo segmento com capacidade de descarga de 33.000 m3/s; na margem direita (SE) estão localizados os muros, tomada d’água, condutos forçados expostos, casa de força do tipo semi-abrigada, canal de restituição e diques de seção mista terra-enrocamento, totalizando o comprimento da crista em 3.623,00 m. A usina geradora é composta por 6 unidades com 527.000 kW de potência nominal unitária, totalizando 3.162.000 kW de potência instalada, havendo previsão para mais quatro unidades idênticas numa segunda etapa.

A energia gerada é transmitida por uma subestação elevadora com 18 transformadores monofásicos de 185 MVA cada um que elevam a tensão de 18 kV para 500 kV.

Vale dos Mestres
A trilha que precisa ser feita para conhecer o Vale dos Mestres tem cerca de 2 mil metros de extensão e é cercada de paredões rochosos ocasionados pela erosão. A trilha é famosa e faz parte da estação Xingó, situada no povoado de Curitiba, cerca de 30 Km de Canindé de São Francisco, na fazenda Poço Verde.

O Vale dos Mestres fica sob o leito do Rio Poço, um dos afluentes do Velho Chico. Do outro lado do rio estão os sítios arqueológicos, onde é possível observar pinturas rupestres de mais de 3 mil anos. Essas pinturas lembram animais e figuras humanas e é uma das mais curiosas atrações.

No caminho é possível estar em contato com a natureza e ter a oportunidade de conhecer as espécies da flora do sertão, como os conhecidos xiquexiques e mandacarus, além de conhecer as lendas e se encantar pelas magias do lugar.

Gruta do Talhado
A gruta recebeu seu nome por suas paredes que parecem ter sido talhadas à mão. Os paredões enormes com rochas areníticas têm diversas formas e um visual muito bonito. O local é próprio para banho e mergulho, além de ter um santuário para São Francisco.

Sítio Arqueológico Mundo Novo
O visitante tem a oportunidade de conhecer as formações de arenito e pintura rupestre no local. São sete trilhas pela a caatinga, de nível fácil e guiadas. O sítio fica na estrada que segue para Paulo Afonso e as visitas são pagas e devem ser agendadas.

Serra da Guia (Comunidade Quilombola)
Início na Fazenda Guia e caminhada de 50 a 60 minutos até os principais atrativos. A cobertura vegetal apresenta aspectos peculiares, destacando-se por estar numa área de preservação ecológica natural onde podem ser encontradas Mata Atlântica e árvores em extinção, como canela de veado, ipê, cedro e outras. Encontra-se na Serra uma fauna muito diversificada, com tatus bola, tamanduás e pássaros de várias espécies. Durante o percurso observam-se algumas nascentes, vários mirantes naturais e uma igrejinha. A Serra é considerada o ponto culminante do estado de SE. Sem falar da famosa Zefa da Guia – uma mulher guerreira e parteira responsável por mais de cinco mil partos.

■ COMO CHEGAR
De Carro:
Saindo de Aracaju, capital do estado, segue-se pela BR-235. Atravessa os municípios de Areia Branca, Itabaiana até chegar a sede da cidade de Ribeirópolis. Depois via SE-106 até Nossa Senhora da Glória. Em seguida segue pela rodovia SE-206, passa pelo município de Poço Redondo até chegar a sede de Canindé de São Francisco, extremo oeste de Sergipe, divisa com os estado de Alagoas e Bahia.

De Ônibus:
Em Aracaju ou cidades próximas como Piranhas, SE, existem rodoviárias com ônibus e vans até a cidade.

De Avião:
O aeroporto mais próximo é da capital Aracaju.

■ MAPA DA REGIÃO 

Check Also

Cuiabá

Cuiabá, capital do estado brasileiro do Mato Grosso, está situado às margens do rio de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *