Turismo
 
          INÍCIO            DESTINOS NO BRASIL            SOBRE O BRASIL               DICAS DE VIAGEM
Turismo


Turismo no Brasil   >   Estado: Rio de Janeiro   >   Destino: Paraty


Paraty
Foto: Divulgação / TurisRio

 Pontos Turísticos

■ PONTOS TURÍSTICOS
Centro Histórico
O Centro Histórico de Paraty é cheio de vida, ritmo e a alegria vindo dos artistas de rua, restaurantes coloridos e índios Guaranis que vendem e expõem seus artesanatos. Além disso junta-se turistas de todos os cantos do Brasil e do Mundo, que fazem desse lugar um espetáculo a parte de culturas e povos de diferentes nacionalidades e pensamentos.

Percorrendo o seu centro histórico, poderá encontrar desde aconchegantes restaurantes e apreciar comidas de diferentes paladares ou entrar em um bar onde toca Jazz a noite toda, bebendo uma cerveja ou chopp bem gelado.
Centro Histórico de Paraty
Foto: Pref. Mun. de Paraty

Caminho do Ouro
Estrada construída por escravos entre os séculos XVII e XIX, sobre as trilhas usadas pelos índios guaianazes, para transportar o ouro extraído de Minas Gerais até o porto de Paraty. Parte do calçamento está preservado, em meio à Mata Atlântica do Parque Nacional da Serra da Bocaina. O trecho pode ser feito a pé ou a cavalo.

■ EVENTOS
FLIP - Festa Literária Internacional de Paraty
Lançada em 2003, a FLIP sofreu modificações significativas já na segunda edição, quando teve seu nome mudado, passando de Festival à Festa, além de sua duração, que passou de três para cinco dias. Desde sua primeira edição, a Festa vem crescendo, seja com relação ao número e expressão de escritores e editoras convidadas, seja no número de visitantes. Falando em nome, a FLIP utiliza o nome Parati, assim mesmo com o i, para realçar que a Festa é “Parati/Para Você” – tornando ainda mais convidativo o evento.
FLIP - Festa Literária Internacional de Paraty
Foto: Divulgação / Comunicação - FLIP

■ PRAIAS
Em Paraty existem mais de 100 praias, cada uma você encontrará paisagens naturais diferentes. Algumas são locais com muito luxo e outras desertas. Muitas praias são de difíceis acesso, o mais aconselhado é fazer um passeio de Escuna que sai todos os dias do porto de Paraty ou alugar uma embarcação. A bordo das escunas você poderá conhecer a baia de Paraty, suas ilhas e praias, além de poder fazer um excelente e romântico almoço a bordo dessas embarcações.

Praia do Pontal
É a praia mais perto do centro histórico de Paraty e possui diversos bares e restaurantes, é um agradável lugar para saborear comidas típicas de praia como camarão, peixinho frito, beber água de coco ou uma ceveja gelada.

Praia do Jabaguara
Um pouco mais distante do centro histórico, logo após a praia do Pontal e do morro do Forte chega-se a esta praia tranquila e com alguns quiosques e algumas casas no final , possui uma longa extensão, sendo ótima para crianças devida a sua pouca profundidade e poucas ondas.
 

Praia Vermelha
É uma praia distante do centro onde só se chega de escuna, barco ou fazendo uma trilha pela mata e montanhas, há bares que servem comídas típicas e frutos do mar, está praia encontra-se protegida dentro da APA de Cairuçú

Praia do Sono
Esta praia encanta por sua beleza e tranquilidade, ideal para surfista, mochileiros e aventureiros. Fica um pouco mais distante do centro de Paraty localizado no caminho para um condomínio de luxo com entrada na rodovia Rio-Santos sentido Trindade.
Praia do Sono
Foto: Divulgação / INEA

Praia Paraty Mirim
Para chegar à praia de Paraty-Mirim, deve-se pegar a Rio-Santos em direção a São Paulo até o Km 154,5, onde haverá um acesso sendo indicado por placas, seguindo por estrada de terra. No caminho, passa-se por uma Reserva Indígena dos indios guaranís, fiscalizada pela FUNAI. É uma das praias mais bonitas da baia de Paraty, pouco visitada e excelente para o banho. Existem bares que servem pratos de pescas da região.
Praia de Paraty Mirim
Foto: Divulgação / INEA

Praia de Laranjeiras
É sem dúvida a praia mais famosa e uma das mais desejadas do Brasil, está localizada dentro do famoso Condomínio Laranjeiras, trata-se de um luxuoso condomínio com praias particulares, cachoeiras e até campo de golfe, o acesso a praia fica na entrada de Trindade sentido Patrimônio. Esta praia é fechada mas banhistas podem ter acesso somente a pé.

Praia do Jurumirim
Deliciosa praia situada em uma enseada onde se chega apenas de Escuna. O famoso velejador Amyr Klink possui uma casa de veraneio localizada nessa praia, onde vários coqueiros fazem um contraste especial com o verde esmeraldo do mar, a um córrego de agua de deságua ao canto da praia, nesta praia existem também uma trilha onde se pode chegar até Paraty-Mirim.
 

■ CACHOEIRAS
Cachoeira de Iririguaçu
Possui dois saltos, com alturas de 4 m e 2 m respectivamente, com águas claras, transparentes e frias. Excelente para banhos, tanto nas piscinas como nas duchas naturais existentes. Próximo e acima da cachoeira existem três grandes piscinas naturais, com profundidade em torno de 2m.

Cachoeira da Pedra Branca
Possui dois saltos de 5 m de altura, com águas transparentes e frias, propícias para banhos. O rio é cercado por vegetação densa de pequeno e médio porte e suas águas deslizam sobre lajes de pedra que formam pequenas piscinas e duchas naturais.

Cachoeira Pedra Lisa/Taquari
Localizada em trecho de rio com corredeiras, não se caracteriza pelas quedas d’água, mas pela formação de várias piscinas, escorregas e duchas naturais. Suas águas límpidas, transparentes e frias são ótimas para banhos. A trilha de acesso até a cachoeira representa, por si, um atrativo à parte.

Cachoeira do Tobogã
A cachoeira é formada por uma imensa pedra, por onde a aguá desliza, formando um excelente Tobogã, ótimo para se deslizar até uma pequena piscina natural de fundo de areia e pequenas pedras.

Cachoeira da Usina
Local com grande quantidade de pequenas rochas. Além de pequenas quedas d'água, há tambem uma bela piscina natural, com área aproximada de 80m. Suas águas são transparentes e frias, em tom amarelado, devido às areias escuras do fundo do rio. Excelente local para banhos, pois além da piscina, há escorregas e duchas naturais. Próximo à cachoeira há uma pequena ilha na parte central do leito do rio.

Poço das Lajes
Localizada a 300m próxima ao Poço; das Andorinhas, no local foi construido uma pequena barragem, que formou uma pequena piscina natural, cercada por imensas pedras, seu fundo é de areia. Subindo o rio, pelas pedras, é possivel alcançar o Poço das Andorinhas.

Poço das Andorinhas
Caracteriza-se por dois grandes boulders dispostos sobre o leito do rio, com um estreito espaço entre eles, por onde jorram as águas que formam um salto de aproximadamente 3,5 m. Suas águas são claras, transparentes e frias, ótimas para banhos. No local existe um poço grande e fundo, e uma ducha natural. Alguns metros abaixo do poço, encontra-se um escorrega natural, muito procurado pelos visitantes.

 Ecoturismo & Natureza
Em Paraty existem cinco unidades de proteção ambiental, cobrindo dois terços dos 917 km2 do município. Essas unidades são espaços territoriais protegidos por leis, visando a preservação dos atributos naturais. Em Paraty existem seis unidades de proteção ambiental: Parque Nacional da Serra da Bocaina, Área de Proteção Ambiental do Cairuçu, reserva Ecológica da Joatinga, Parque Ecológico de Paraty-Mirim, Área de Proteção Ambiental da Baía de Paraty e Estação Ecológica de Tamoios".

Parque Nacional da Serra da Bocaina
O parque foi criado no ano de 1971 e preserva uma extensa área da importante Mata Atlântica e ecossistemas Costeiros na região, com aprox. 110.000 hectares, dos quais 35.000 estão em Paraty. Abrange toda a Serra do Mar entre Paraty e Angra dos Reis, extendendo-se a oeste até São José do Barreiro. Ao sul faz divisa com o Parque Estadual da Serra do Mar, na cidade de Ubatuba.
Serra da Bocaina
Foto: ICMBIO

Área de Proteção Ambiental do Cairuçu
A APA do Cairuçu, criada em 83 afim de assegurar a proteção do ambiente natural da região, que abriga espécies raras e ameaçadas de extinção, paisagens de grande beleza cênica, sistemas hidrológicos e as comunidades caiçaras integradas nesse ecossistema, assim como promover o desenvolvimento sustentável destas comunidades, estimulando o manejo dos recursos e a cultura tradicional.

Reserva Ecológica da Juatinga
Criada em 1992, a reserva possui 10.000 hectares, envolvendo toda a península localizada entre o Saco de Mamanguá, Ponta da Joatinga e Ponta Negra. Situada dentro da APA do Cairuçu, possui algumas das mais belas praias de Paraty com: Sono, Antigos, Antiguinhos, Ponta Negra, Martins de Sá, Pouso, Itanema, Calhaus, Itaóca e Grande da Cajaíba. Sua área florestal é uma das únicas áreas com mata primária existente no município de Paraty, diferenciando-se das demais pelo tamanho e diversidade de suas Árvores.

Parque Ecológico de Paraty-Mirim
A antiga Área de Lazer de Paraty-Mirim foi transformada em Parque Ecológico para evitar que à forte presença turística na região pudesse prejudicar o ecossistema, está apenas a cerca de 15 quilômetros do Centro de Paraty. O importante patrimônio cultural e paisagístico inclui várias ruínas de valor histórico como a igreja de Nossa Senhora da Conceição e algumas ruínas de casarios coloniais, ambos tombadas pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Nela está a praia com mesmo nome, o rio e a Reserva Indígena de Paraty-Mirim. Também está situada dentro da APA do Cairuçu.