Rio recebe mais de 3 milhões de turistas no Carnaval

Dias de folia movimentaram cerca de R$ 3 bilhões na capital fluminense

O Rio de Janeiro recebeu mais de 3,3 milhões de turistas durante o carnaval e mais de 1,2 mil blocos e escolas de samba desfilaram em todo o estado. Somente pelo interior fluminense passaram 2,3 milhões de visitantes.

Segundo a Secretaria de Turismo, o número de desfiles no interior do estado cresceu 16,38% em relação ao ano passado e 42,69% na comparação com 2014. Hotéis e pousadas das principais regiões turísticas registraram 95% de ocupação, uma variação positiva de 3,35% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os municípios de Angra dos Reis, Maricá, Nova Friburgo, São João da Barra, Niterói e Mangaratiba foram os recordistas de ocupação este ano. Para o secretário de Turismo, Nilo Sergio Felix, o aumento da procura por cidades do interior é reflexo da alta do dólar e ao intenso trabalho de divulgação dos atrativos turísticos do estado.

– O Estado do Rio de Janeiro agrada a todos os gostos. Tanto para os que não dispensam o agito dos blocos de rua e desfiles de carnaval, quanto para os que procuram destinos com mais tranquilidade, isolados dos festejos de momo. As cidades de Paraty e Vassouras chegaram praticamente a 100% dos quartos vendidos para a data. A Região Serrana chegou a 95% e a Costa do Sol, 90% de ocupação – explicou Nilo Sergio Felix.

Capital

A capital recebeu 1,026 milhão de turistas durante o carnaval, que movimentaram cerca de R$ 3 bilhões. Ao todo, 505 blocos oficiais desfilaram pela cidade, além dos desfiles na Marquês de Sapucaí.

Segundo levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ), a ocupação média da rede hoteleira foi de 85%.

Pelo Píer Mauá desembarcaram 130 mil pessoas em 13 navios de cruzeiros. No último domingo (7/2), houve recorde de atracações simultâneas, com 11 embarcações no local.

Fonte: Diário Oficial

Check Also

O Festival das Cataratas está em sua 12ª edição e será realizado nos dias 28, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *