Home / Notícias / Encenação da Via Sacra deve reunir mais de 100 mil pessoas no Morro da Capelinha

Encenação da Via Sacra deve reunir mais de 100 mil pessoas no Morro da Capelinha

Há 45 anos, o caminho percorrido por Jesus Cristo até a crucificação e ressurreição é encenado no Morro da Capelinha, em Planaltina, no Distrito Federal, a cerca de 45 quilômetros de Brasília. Amanhã (30), feriado de Sexta-Feira Santa, cerca de 100 mil pessoas devem comparecer ao local para assistir ao espetáculo cristão, realizado pelo Grupo Via Sacra Ao Vivo.

A encenação é considerada uma das mais importantes do contexto cultural e religioso do Distrito Federal. São 1,4 mil voluntários trabalhando no evento, 800 atores nos papeis dos personagens bíblicos e 600 no apoio técnico. “Estamos fazendo os ajustes finais nos cenários para que amanhã esteja tudo pronto”, disse um dos organizadores, Leonardo Magalhães.

A encenação está marcada para as 16h e dura em torno de 4 horas. Os fiéis percorrem 14 estações até o alto do morro. Em cada uma delas, uma passagem da Bíblia é lembrada, desde a prisão de Cristo até sua morte. A 15ª estação encena a ressurreição de Cristo.

Ao longo do dia, muitos fiéis vão ao cruzeiro no alto do morro para acender velas, fazer pedidos e pagar promessas. Algumas sobem de joelhos ou carregando cruzes para agradecer as graças recebidas.

Magalhães contou que neste ano, para comemorar os 45 anos do grupo, haverá uma grande surpresa no final do evento, durante a encenação da ressurreição.

A primeira montagem da via sacra no Morro da Capelinha aconteceu em 1973. Em 1986, o evento foi incluído no calendário oficial do DF e, em 2008, foi decretado como Patrimônio Imaterial do DF.

Além da encenação em Planaltina, outras paróquias do Distrito Federal vão promover vias-sacras nesta sexta-feira. A programação dos eventos da Semana Santa está disponível nos sites da Arquidiocese de Brasília e da Agência Brasília. A Semana Santa, que termina no domingo de Páscoa, é um dos períodos mais importante para os católicos.

Segurança e serviços

A Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal informou que haverá alterações no trânsito da região e reforço na segurança a fim de garantir a tranquilidade da celebração no Morro da Capelinha.

A partir das 13 horas, a DF-230 terá sentido único no trecho entre o Colégio Agrícola e a rotatória com a DF-130. Uma das quatro vias de acesso ao Morro da Capelinha ficará fechada para passagem dos pedestres. As demais pistas serão destinadas ao trânsito de veículos, situações de emergências e para a produção do evento. O acesso à área do evento se encerrará às 21h.

O Departamento de Trânsito (Detran-DF) estará presente com 35 agentes em 15 viaturas. Dois guinchos e uma empilhadeira da autarquia darão suporte caso seja necessário remover carros parados em locais proibidos.

Para atender ocorrências médicas, cinco pontos fixos com médicos e enfermeiros estarão disponíveis. Os profissionais são bombeiros militares e profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), da Secretaria de Saúde e da Cruz Vermelha.

Eventuais delitos poderão ser registrados na Delegacia Móvel da Polícia Civil. As delegacias físicas de Planaltina e de Sobradinho receberão reforço de policiais.

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) vai distribuir 13 mil litros de água em pontos espalhados desde a entrada do evento até o topo do morro, onde ocorre a encenação.

Fonte: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *