Calendário do Ministério do Turismo já tem mais de 100 eventos cadastrados em 2017

A Fenamilho é um dos eventos já cadastrados. Foto: Prefeitura de Patos de Minas

Por Lívia Nascimento/Ministério do Turismo

Com dimensões continentais, o Brasil atrai turistas durante todo o ano com atrativos como o sol, as belas praias e também os eventos realizados em todo o país e que contemplam os mais variados interesses como: negócios, cultural, folclórico, religioso, cívico e gastronomia. Com o intuito de auxiliar o viajante a se programar na hora da escolha de um destino, o Ministério do Turismo criou, em março de 2016, o Calendário Nacional de Eventos. Para 2017, mais de 100 eventos já foram cadastrados na plataforma.

Os eventos já classificados estão distribuídos em 21 Unidades da Federação. Os principais se referem a atividades artísticas/cultural e folclóricas (43), religiosas (20) e gastronomia (19). No entanto, para que o instrumento desempenhe plenamente seu objetivo, é importante que gestores, organizadores e produtores de eventos solicitem a inclusão de seus eventos no calendário.

“Os eventos são importantes para estimular tanto o turismo doméstico como o internacional, movimentando a economia local e garantindo fluxo turístico nos destinos mesmo fora de temporada. Por isso é importante que os gestores façam uso deste calendário como uma importante ferramenta de divulgação de suas ações”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Deverão ser cadastrados eventos com notório conhecimento popular e geradores de fluxo de turistas. Os responsáveis pela inclusão no sistema deverão classificar os eventos por tipo e por categoria, além de observar critérios como relevância cultural e econômica.

Para ter o seu evento disponível no Calendário Nacional de Eventos é necessário preencher o formulário que está disponível na página do Ministério. Todo o conteúdo passará por aprovação e edição de equipe técnica antes de ser divulgado.

PRIMEIRO ANO – Segundo levantamento do Ministério do Turismo, em 2016, o Brasil sediou quase 900 eventos turísticos em todas as regiões do país. Os artísticos, culturais e folclóricos lideraram o calendário com 303 registros, seguido das celebrações religiosas (149) e de gastronomia (101).

APOIO – O Ministério do Turismo apoia a realização de eventos. Em 2016, a Pasta destinou R$ 14,3 milhões para 50 realizados em vários municípios brasileiros. Para ter acesso ao incentivo, os órgãos ou entidades da Administração Pública Federal, Estadual, Municipal ou Distrital, direta ou indireta, bem como as entidades privadas sem fins lucrativos, devem estar cadastradas no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse do Governo Federal (SICONV).

Check Also

Centro registra 1.350 araras-azuis-de-lear na natureza

O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres (Cemave), do Instituto Chico Mendes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *